5 deveres de quem tem um cartão de crédito

Por Redação IQ 360

deveres-cartao-de-credito

Já sabemos que ter um cartão de crédito com um bom limite de gastos facilita o acesso às compras, permite que o pagamento seja feito em um prazo maior, amplia as possibilidades de parcelar a dívida e ainda rende pontos em programas de fidelidade e milhagem. Mas nada disso fará sentido se você extrapolar o limite do seu saldo real e chegar uma dívida impagável depois.
Além de gastar só o que vai conseguir pagar, você sabe quais são os seus deveres ao adquirir um cartão de crédito? Confira!

Ler o contrato

O primeiro passo para quem quer adquirir o primeiro ou um novo cartão de crédito é fazer uma boa pesquisa no mercado para saber quais bancos oferecem as melhores taxas de juros para cada modalidade e bandeira. Se você quer emitir o seu cartão no banco onde recebe o seu salário para facilitar o pagamento, isso ajuda bastante.
Mas, converse com o seu gerente e negocie as taxas. Leia atentamente o contrato que vai assinar, levando em conta todos os possíveis aumentos dessas taxas ao longo dos anos. Faça perguntas, é seu dever estar ciente e concordar com todos os termos. Esse contrato é o que vai valer em caso de eventuais ações judiciais futuras.

Comunicar roubos e furtos

Essa dica já é bem conhecida e aplicada pela maioria dos brasileiros. Como o risco de sofrer um assalto ou ser furtado cresceu nos últimos anos, a primeira providência é ir até a delegacia, fazer um boletim de ocorrência e, se possível, ao mesmo tempo, já entrar em contato com a operadora do cartão para cancelá-lo.
Se o cartão for usado indevidamente por terceiros e não houver esse comunicado oficial do cliente, será muito mais complicado pedir um reembolso depois e você poderá ser cobrado por tudo o que o ladrão gastar em seu nome. Isso também evita que o cartão seja clonado e utilizado por mais pessoas.

Alertar sobre extravios

Assim como os roubos, é de responsabilidade do cliente avisar a operadora caso o cartão tenha sido solicitado, mas que, por algum motivo, tenha sido extraviado. Ou seja, se você não recebê-lo no prazo estipulado pelo banco ou instituição financeira, fique atento e comunique assim que possível, pedindo um rastreamento.

Boa conservação

É dever do proprietário do cartão também garantir que ele será bem cuidado. Claro que estamos sujeitos a pequenos acidentes que podem prejudicar ou até estragar o documento. Fornecer novos cartões com muita frequência não é dever do banco. Confira se isso está explicitamente disposto no contrato e questione o seu gerente.

Encerrar a conta formalmente

Por último, se é seu interesse cancelar o cartão ou a sua conta naquele banco, isso deverá ser feito formalmente. É seu dever ir até a agência, ou pela central de atendimento, e formalizar o pedido.
Isso também é importante para o cliente, que terá um documento formal assinado pelo gerente, confirmando que o cartão está cancelado e que só serão cobrados os últimos gastos. Se houver dívidas a vencer, lembre-se que terá de quitar tudo para fazer o cancelamento.