4 hábitos que você precisa mudar antes de ter cartão de crédito

Por Redação IQ 360

O cartão de crédito é uma das melhores formas de pagamento para compras e contas fixas, mas é preciso saber usá-lo com responsabilidade. Entre as principais vantagens dele, estão a possibilidade de parcelar o valor total e concentrar o pagamento da fatura em um único dia do mês, à escolha do cliente. Muitas pessoas, no entanto, acabam esquecendo de algumas armadilhas escondidas por trás de tantas facilidades e se endividam muito mais do que tinham previsto inicialmente.
Confira 4 hábitos que você precisa mudar antes de pedir o cartão de crédito:

Compras parcelada

Como já dissemos, essa é uma das melhores vantagens do cartão. Mas será que você precisa mesmo parcelar toda e qualquer compra? Os economistas sempre alertam que o ideal é pagar à vista quando você pode economizar por um tempo e só comprar o que deseja quando de fato tiver o valor cheio em mãos.
Isso porque, ao parcelar em muitas prestações, a partir de um determinado mês será cobrada uma taxa de juros, que no Brasil é altíssima. Antigamente, quando a maioria das pessoas precisava emitir cheques pré-datados ou ir até uma loja para quitar a dívida do carnê de compras, essa percepção de quanto dinheiro saía da conta era mais palpável. Agora, parece que essa dívida fica mais distante. Mas fique atento: ela será cobrada.

Não checar a fatura

Atualmente, muitos bancos pararam de enviar a fatura pelos Correios. As justificativas são várias, como minimizar o uso do papel em prol do meio ambiente, economizar com o envio da correspondência e que isso diminuiria as taxas para os clientes (o que na maioria dos casos não ocorre). Além dos clientes que dizem não ter recebido a fatura e por isso não conseguiram pagá-la no prazo.
A solução encontrada foi disponibilizar a fatura online, que ficaria à disposição do cliente sempre que ele desejar consultá-la. Claro que isso trouxe muitas facilidades, mas o fato é que não ter mais o documento físico em mãos acaba fazendo com que muita gente esqueça de verificar quanto já foi gasto do limite do cartão de crédito e continue comprando. Tente acessar a sua conta pelo menos uma vez por semana, faça um download da fatura e acompanhe seus gastos online. Isso ajuda a não extrapolar demais.

Comprar por impulso

O cartão de crédito também facilita a compra por impulso. Se você vai ao supermercado ou ao shopping para comprar algo específico e acaba levando itens a mais porque, afinal, está com o cartão de crédito em mãos, tome cuidado!
Se estivesse apenas com algumas notas de dinheiro, não conseguiria comprar a mais, certo? Portanto, tente usar o cartão da mesma forma e não se iluda com o limite. Se não conseguir se controlar, deixe o cartão em casa e leve apenas o dinheiro.

Ignorar taxas e anuidades

Outra dica importante é ficar atento ao aumento das taxas de juros ou da própria anuidade. Os bancos têm o péssimo hábito de não informar os clientes sobre os aumentos e, quando percebemos, as taxas e anuidade ficaram mais salgadas. Acompanhe a sua fatura, como já dissemos, e entre em contato com o banco se tiver dúvidas. E claro, tente negociar esses valores, muitas vezes o cliente consegue diminuir até pela metade a anuidade do cartão de crédito.