Como funciona o limite do cartão para compras parceladas?

Por Redação IQ 360

limite-do-cartao-compras-parceladas

Brasileiro adora uma compra parcelada. Há muito tempo essa prática já é um hábito para muita gente. Os consumidores do país costumam parcelar usando cheques, crediário em lojas ou cartões de crédito.
Um alerta para quem divide o pagamento das compras é sempre evitar as parcelas com juros e só levar o cartão de crédito no bolso quando precisar comprar algo inadiável. Do contrário, você pode ser seduzido por promoções e comprar por impulso, já que poderá parcelar o pagamento.
Se você é uma dessas pessoas que adora parcelas a perder de vista, cuidado para o crédito não se tornar um vilão. O descontrole no momento das compras pode te deixar inadimplente ou estourar o limite do seu cartão.

O que é limite do cartão?

O limite do cartão é o quanto você pode gastar mensalmente usando esse recurso. Para fazer o cálculo do limite, o banco ou administradora de cartões leva em consideração diversas variáveis, entre elas sua renda mensal e sua movimentação financeira.
Neste cálculo, é possível estimar qual a sua capacidade de pagamento. A consulta informa qual percentagem da sua renda mensal poderá ser comprometida com gastos do cartão. Assim você terá um teto que não poderá ser ultrapassado.
Para ter um limite maior, o ideal é que você tenha histórico de bom pagador, trabalhe e consiga comprovar uma renda mensal.
Para facilitar, vamos dar um exemplo: Seu limite é de R$ 2.000 e em uma compra de passagens aéreas você gastou R$ 1.500. Até que você pague esta fatura, seu limite será de apenas R$ 500 para novas compras.

Limite de compras parceladas

Nas compras parceladas, o que vale é o total. Se seu limite é de R$ 1.000 e você gastou 800 em uma compra parcelada em 10X, você só terá R$ 200 reais para os próximos gastos. Posteriormente, a cada parcela que você for pagando, esse montante vai voltando mês a mês no seu limite.