VR: o que é o vale refeição?

Por Redação IQ 360

Você tem VR, ou Vale Refeição, na sua empresa? Os benefícios oferecidos pelas empresas se tornaram um grande trunfo para manter aqueles profissionais mais disputados pelo mercado, especialmente no mundo corporativo. Com poucas oscilações nas faixas salariais de diretores, gerentes e analistas em diferentes companhias, o jeito encontrado pelos departamentos de recursos humanos foi ampliar a oferta com bons planos de assistência médica e alimentação para se destacar entre as melhores empresas para se trabalhar.
Para esse último item, existe até um segmento específico, chamado Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), que inclui cartão refeição, cartão alimentação e cestas básicas. Muitos deles com benefícios extras. Quanto mais a empresa estiver disposta a investir nisso dentro da sua realidade e orçamento, melhor será a qualidade de vida da sua equipe. Isso também traz mais estabilidade e segurança para os funcionários.
Neste texto, analisaremos os benefícios disponíveis no seu cartão refeição e quais são as maiores operadoras desse mercado.

Vale Refeição: para que serve?

Pelo cartão refeição, os trabalhadores recebem um valor a mais, além do salário, para gastarem com as refeições feitas durante a jornada de trabalho.
Na teoria, o cartão refeição só pode ser gasto em cantinas, lanchonetes, bares, restaurantes e outros estabelecimentos credenciados que vendem comida pronta. Sendo assim, supermercados não estão incluídos, por exemplo. A proposta desse benefício é que o empregado tenha o direito de fazer um intervalo e possa almoçar ou jantar em algum lugar próximo da empresa.
Quanto maior a rede de estabelecimentos credenciados pelo cartão oferecido pela empresa, melhor para o seu funcionário, que terá mais opções. Portanto, a escolha da operadora é fundamental e traz mais tranquilidade ao trabalhador, que não vai precisar se deslocar muito para fazer uma refeição diariamente. Quanto mais distante, mais isso poderá interferir inclusive na qualidade do trabalho.
Dentre as empresas que oferecem o cartão refeição, destacamos as três maiores:

Sodexo e VR

A Sodexo já foi considerada como a preferida pelos consumidores finais, segundo pesquisas recentes. Em 2007, ela comprou a VR e virou líder no mercado brasileiro, embora as duas marcas ainda funcionem separadamente. Com uma rede de mais de 300 mil estabelecimentos credenciados, virou referência e tende a crescer cada vez mais. Ao todo, cerca de 6,4 milhões de trabalhadores tem o cartão da empresa.

Alelo

A Alelo aparece logo na sequência, como a segunda empresa com o maior número de clientes: são estimados 6 milhões de cartões circulando pelo país. Além da refeição, ela oferece um sistema de benefícios com pontos e descontos para compras e ampla rede de parceiros conveniados.

Ticket

A Ticket é uma das empresas mais antigas em atuação no Brasil. Antes de surgirem os cartões de crédito de refeição, eram os Tickets Refeição, em talões de papel, que circulavam no mercado. Na época da criação do PAT pelas empresas, ela também esteve à frente das outras concorrentes. Hoje a estima-se que ela tem 5 milhões de consumidores finais cadastrados.