Carro alienado: o que é e como funciona

Por Redação IQ 360

carro-alienado

Mesmo sendo uma palavra complicada e estranha aos ouvidos, a alienação fiduciária é um processo muito comum no mundo dos empréstimos, principalmente com carros alienados.

Alienar um bem significa deixar algo como garantia em um financiamento/empréstimo, ou seja, deixar um veículo, por exemplo, em nome de um banco ou instituição financeira até que o pagamento do financiamento/empréstimo seja quitado.

Nesse texto vamos explicar melhor o que é um carro alienado, como funciona sua compra e venda e quem faz o processo de alienação.

O que é carro alienado?

Suponhamos que você queira comprar um carro, mas não tem o valor à vista do veículo no momento da compra. A primeira opção pode ser parcelar o máximo de vezes disponíveis com a concessionária, mas as taxas de juros serão provavelmente altas. Outra opção, que costuma ser mais vantajosa, é alienar o carro que você vai usar.

No processo de alienação, a pessoa que quer o carro solicita um empréstimo a um banco ou instituição financeira. Mas esse empréstimo é diferente dos demais: enquanto a pessoa paga as parcelas do valor do carro ao banco/instituição, essa empresa de crédito fica com o carro em nome deles, ou seja, o carro só será inteiramente da pessoa quando ela quitar o pagamento das parcelas.

Colocando o carro como garantia do empréstimo, o banco ou instituição financeira têm riscos menores de inadimplência (não pagamento das dívidas). Se a pessoa não pagar as parcelas do financiamento, a empresa ainda terá o carro como posse. É exatamente por isso que as taxas dessa modalidade de crédito costumam ser menores que a média do mercado.

Assim que o pagamento das parcelas do veículo for quitado, o banco ou instituição financeira que estiver com o veículo em garantia colocará o carro no nome da pessoa que completou o pagamento das parcelas.

Como vender ou comprar um carro alienado?

Infelizmente, não são todos que conseguem terminar de pagar as parcelas do carro para a empresa de crédito e ter finalmente um carro para chamar de “seu”. Por conta do alto valor dos automóveis no Brasil, parcelamentos de até 48x são muito comuns, o que significa que, neste caso, a pessoa deverá pagar uma parcela daquele veículo todos os meses por 4 anos!

Se a pessoa não conseguir ou não quiser mais pagar as parcelas do carro, uma das opções é vender o veículo alienado para outro. Para isso, é necessário que a pessoa vá com o novo comprador ao banco ou instituição financeira para que o gerente analise o crédito do novo proprietário e decida se a transferência será aprovada.

Caso a transferência da alienação seja aprovada pela empresa de crédito, o novo comprador tem duas alternativas:

  1. Pagar à vista o valor restante das parcelas: desse modo, o novo comprador quita o pagamento do veículo ao banco ou financeira que concedeu o financiamento. A partir desse momento, o carro fica no nome do novo comprador.
  2. Assumir a dívida: o novo comprador assume a dívida que estava no nome de quem vendeu o carro, continuando com o contrato de alienação aberto até o prazo estabelecido pelo banco ou financeira. Assim, o carro só estará no nome do novo comprador quando o pagamento das parcelas acabar.

Se o novo comprador optar por assumir a dívida do financiamento do carro, é necessário antes conferir se não existem parcelas atrasadas do carro, para que não seja ele o responsável por arcar com os juros provenientes do atraso.

Como saber se um carro está alienado?

Se você deseja saber se um carro a venda está alienado, o processo é bem simples. Primeiramente você precisa de duas informações do veículo em questão: a placa e o número do Renavam (Registo Nacional de Veículos Automotores), que pode ser encontrado no documento do carro.

Com esses dados em mãos, o próximo passo é acessar o site do Detran da sua cidade e clicar na aba “Veículos” e depois em “Pesquisar débitos e restrições em veículos”. Inserindo o Renavam e a placa no campo indicado, você consegue saber se aquele carro está alienado ou não, além de checar se o veículo está envolvido em outras dívidas.

Qual é a diferença entre carro alienado e financiado?

Existem diversas modalidades de financiamento de carro e ele funciona de maneira semelhante à alienação de carro, porém no financiamento o carro financiado pode ou não ficar no nome do banco ou financeira – depende da modalidade de financiamento.

No Crédito Direto ao Consumidor (CDC), uma das modalidades mais procuradas, o banco/instituição compra o carro, mas esse já vem em nome do cliente. Já no leasing, o carro fica no nome da instituição que comprou o carro, e o cliente deverá pagar o aluguel e o seguro do veículo.

Como vimos anteriormente, no caso do carro alienado o veículo fica em nome da empresa de crédito que concedeu o empréstimo até que o comprador quite o pagamento das parcelas. No momento, o IQ não oferece opções de empréstimo de financiamento de automóvel, mas apresenta diversas oportunidades de crédito com garantia de veículo.

Se você quer procurar a melhor opção de empréstimo para o seu perfil, confira abaixo o Simulador de Empréstimos do IQ 360: