Como refinanciar um carro alienado

Por Emily Moura

carro-alienado

O empréstimo com garantia de bens é uma das modalidades mais baratas de crédito. Como o dinheiro emprestado pela instituição financeira tem uma segurança de pagamento, o Custo Efetivo Total (CET) fica menor para o consumidor. Geralmente, essa modalidade de crédito aceita apenas imóveis e automóveis quitados.

Mas, entre as dúvidas mais comuns, estão: é possível conseguir um empréstimo enquanto estou pagando o carro? Existe a possibilidade de refinanciar um veículo já alienado com uma instituição financeira?

O que é um carro alienado?

Bom, para começar, é importante saber o que é um carro alienado. Alienar um carro é deixá-lo como garantia de pagamento de um empréstimo ou de um financiamento. O bem colocado como garantia ficará parcialmente com o nome de um banco ou de uma financeira enquanto o cliente estiver pagando as parcelas do empréstimo. O uso é normal e sem restrição. Após a quitação das prestações, o veículo será repassado integralmente para o nome do proprietário.

A alienação é a garantia de que o seu financiamento ou empréstimos será pago. Por isso, quem não consegue pagar as prestações tem o bem tomado pela instituição financeira para quitar a dívida. Conheça melhor as etapas da alienação de veículos neste artigo do IQ 360.

IQ Empréstimos

Encontre o melhor crédito para o seu perfil

Simule já

É possível refinanciar um carro alienado?

Sim, existe a possibilidade de conseguir um refinanciamento. Porém, vai depender de alguns fatores do veículo e da instituição financeira.

Nem todas as financeiras concedem empréstimo para quem está com carro financiado. Por isso, é recomendável ir ao banco ou à financeira em o veículo foi financiado para saber quais são as condições. Uma das financeiras que permite a liberação de crédito para veículos não quitados é a Creditas.

Mas, antes de procurar uma nova instituição financeira para refinanciar seu veículo, você precisa estar ciente de algumas condições:

  • O valor máximo que você consegue pegar emprestado é o valor integral do carro pela tabela FIPE. Por exemplo, se o veículo estiver cotado em R$ 40 mil, esse é o valo máximo que seu empréstimo pode chegar. Porém, o montante liberado para empréstimo fica em torno de 50% a 90% do valor total do veículo, dependendo da instituição financeira;
  • Mas o valor da tabela FIPE não é liberado integralmente. É debitado do seu pedido de empréstimo o valor que devido no financiamento do veículo. Por exemplo, se o cliente com o carro avaliado em R$ 40 mil precisa de R$ 5 mil para quitar o empréstimo anterior, ele receberá R$ 35 mil no novo financiamento;
  • Esse valor é debitado automaticamente pois um veículo não pode estar alienado em dois lugares ao mesmo tempo.

Como adquirir um empréstimo com veículo alienado?

Antes de solicitar o empréstimo com a financeira, tenha o valor atualizado da quitação à vista do financiamento. Assim, a financeira terá como dizer se aprova ou não o crédito para você.

Na Creditas, por exemplo, é preciso estar com mais de 50% do valor do carro quitado para ter chance de aprovação de um novo empréstimo. Informe a financeira na hora do cadastro que seu veículo já está alienado.

Mas é importante que você esteja com mais da metade da dívida quitada. Imagine a seguinte situação: seu carro é avaliado em R$ 30 mil e você pagou metade da dívida. Isso significa que você ainda deve R$ 15 mil. Como o montante aprovado para empréstimo varia de 50% a 90% do bem, nesse exemplo o valor liberado seria de R$ 25 mil. Desse total, sobraria apenas R$ 10 mil e o empréstimo poderia não ser tão vantajoso.

Vale a pena fazer um empréstimo com veículo alienado?

Pode ser uma boa opção se o seu veículo estiver quase todo quitado e se o crédito liberado pela financeira realmente cobrir o seu objetivo.

Mas, antes de solicitar o empréstimo, confira as taxas de juros para não correr o risco de perder seu veículo. Se ainda estiver em dúvida, acesse o comparador do IQ Empréstimos, que vai ajudá-lo a encontrar o melhor crédito de acordo com o seu perfil.