Como refinanciar seu carro

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Avalie sua situação financeira
  2. Pesquise as melhores condições de refinanciamento
  3. Avaliação do carro
  4. Prazos e antecipação de valores
  5. Documentos

O refinanciamento de carros é uma das modalidades que podem ser muito úteis para pegar um empréstimo. Ao colocar o veículo como garantia de que as parcelas serão pagas dentro do prazo estipulado, o consumidor poderá negociar boas taxas de juros e um prazo maior para quitar a dívida. No entanto, é bom ficar atento: se você não conseguir honrar com o prometido, o carro será tomado pelo banco ou instituição financeira.

Confira algumas dicas de como fazer o refinanciamento:

Avalie sua situação financeira

Nem sempre conseguimos avaliar de maneira bastante criteriosa se o momento atual é indicado para contrair uma dúvida como um refinanciamento de veículo. Mesmo em situações complicadas, é bom ter em mente que você poderá perder o carro se não conseguir pagar as parcelas. Por mais que seja uma ótima garantia, tente prever a sua capacidade real de comprometer uma parte do seu orçamento mensal nesse pagamento. Se não tiver certeza, é melhor esperar um pouco mais.

Pesquise as melhores condições de refinanciamento

Se você fez todas as contas e decidiu pelo refinanciamento, agora é a hora de botar o plano em prática. O primeiro passo é fazer uma boa pesquisa entre os bancos e instituições financeiras que fazem esse tipo de empréstimo. Faça simulações, analise a taxa de juros e o prazo para quitar a dívida. Compare os valores do banco em que você financiou o carro com outras instituições. Se comparado com o empréstimo pessoal, o refinanciamento de veículos é muito mais vantajoso. Compare também a taxa de juros entre as duas modalidades.

Avaliação do carro

O valor máximo do seu empréstimo será compatível com o preço do veículo que ficará como garantia. Ou seja, se o carro vale R$ 50 mil na Tabela Fipe, você só poderá solicitar um empréstimo até esse valor. Antes de assinar o contrato, o banco fará uma boa avaliação das condições do veículo. Importante lembrar que só serão aceitos veículos fabricados nos últimos dez anos. Quanto mais novo o veículo, maior a chance de conseguir um bom empréstimo.

Prazos e antecipação de valores

Na maioria dos contratos, o prazo máximo é de até 60 meses para quitar o empréstimo. E como essa modalidade é uma espécie de Crédito Direto ao Consumidor, conhecido como CDC, é possível antecipar o pagamento de algumas parcelas pendentes. Ou seja, se você recebeu algum bônus ou dinheiro extra, ao antecipar uma parte da dívida é possível ganhar descontos.

Documentos

Para realizar o financiamento, você vai precisar levar documentos pessoais, como RG, CPF, comprovante de renda (holerite), comprovante de residência e os documentos do veículo. Fique atento ao texto final do contrato. Se ainda tiver dúvidas, consulte o seu gerente e não assine nada antes de entender como funciona todo o processo.

Se você ainda entiver em dúvida do melhor crédito para você. Acesse o comparador do IQ360. Nós indicamos o melhor empréstimo e te ajudamos a melhorar suas chances de aprovação.