Como vender seu consórcio

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Cota de consórcio não contemplada
  2. Como encontrar um comprador para o seu consórcio
  3. Atraso de mensalidades do consórcio
  4. Comprador com nome limpo

Ao entrar para um consórcio, os cotistas se comprometem a pagar uma mensalidade fixa com o objetivo de adquirir um veículo no final do processo. Como nessa modalidade não incide taxa de juros, ela acaba sendo uma das mais atrativas para quem está tentando comprar um carro zero. O grupo de pessoas interessadas é reunido por meio de uma empresa administradora, que será responsável pelos sorteios mensais e pelos lances que podem ser realizados por esses mesmos consorciados.  Ao ser contemplado, o cotista recebe uma carta de crédito.

No entanto, como um consórcio pode levar muitos anos até que essa carta chegue às mãos do consorciado, a desistência não é tão incomum. Seja por problemas financeiros para honrar com os pagamentos, seja pela mudança de planos, a venda da cota pode ser um bom negócio para quem está cogitando transferir a sua participação no grupo.

Veja como funciona:

Cota de consórcio não contemplada

Se você entrou no grupo do consórcio há alguns meses ou anos e a sua cota ainda não foi sorteada para receber a carta de crédito, é possível que você leve mais tempo para encontrar um comprador, embora não seja impossível. Os especialistas também alertam que nesses casos é mais provável que você só consiga receber o valor que já pagou no consórcio, sem muitas chances de lucro. Mas, se o objetivo é apenas recuperar o dinheiro já investido, essa saída faz todo sentido.

Como encontrar um comprador para o seu consórcio

Talvez o mais difícil seja encontrar alguém interessado em adquirir uma cota de consórcio exatamente no grupo em que você se encontra. Se amigos e familiares não tiverem interesse, a própria administradora pode ser uma aliada nesse processo. O primeiro passo na hora em que você decidir mesmo pela venda é comunicar a empresa, até porque a transferência será realizada por ela. Neste momento, peça ajuda para encontrar um comprador. Em algumas situações, podem existir pessoas que já tenham entrado em contato com a empresa e estejam esperando pela saída de alguém no grupo que já tem uma participação ativa.

Atraso de mensalidades do consórcio

Se o seu problema é financeiro e não está conseguindo pagar as parcelas em dia, talvez isso possa ajudar na venda da sua cota. O comprador deverá arcar com a dívida e as parcelas seguintes. Portanto, você terá que oferecer um bom desconto ao interessado, diminuindo o valor até chegar ao que efetivamente foi pago por você à administradora. Ou seja, se você deveria ter pago dez parcelas e ficou devendo duas, o seu reembolso será proporcional e não integral. De toda forma, verifique o contrato assinado no começo do consórcio e quais são as cláusulas específicas sobre o cancelamento e a transferência da sua cota para uma outra pessoa.

Comprador com nome limpo

Quando você começar a receber propostas de pessoas interessadas na sua cota, verifique o perfil de bom pagador desse possível comprador. A administradora fará uma avaliação criteriosa para autorizar a transferência, portanto não adianta você querer vender para alguém que está com o nome sujo na praça.