Condições para refinanciar seu carro

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Por que refinanciar meu carro?
  2. Condições para carros não quitados
  3. Valor de refinanciamento

Comprar um carro à vista é o sonho de todo proprietário em potencial, mas na prática isso é quase impossível. Assim como os imóveis, a melhor saída é investir um bom dinheiro no valor da entrada e negociar a dívida restante em parcelas que não vão pesar tanto no orçamento mensal, com taxas de juros razoáveis. O problema é que, até quitar a última parcela, são muitos anos de pagamento e imprevistos acontecem, especialmente em tempos de crise econômica.

É nesse cenário que o refinanciamento de um veículo pode ajudar a conseguir um dinheiro a mais, usando o carro como garantia. Saiba como funciona:

Por que refinanciar meu carro?

Se você está precisando de dinheiro, refinanciar um carro financiado pode ser uma boa saída. Esse tipo de modalidade oferece taxas de juros menores se forem comparadas com empréstimos pessoais, porque o veículo é dado como garantia aos bancos e instituições financeiras. Nesses casos, o valor do veículo também vai definir o teto do empréstimo que você poderá solicitar. Assim como as outras modalidades, haverá uma análise do perfil do solicitante, se está com o nome sujo, por exemplo, e ainda uma avaliação do veículo. Para esse tipo de refinanciamento, é preciso já ter quitado uma boa parte da dívida.

Condições para carros não quitados

Se você pretende fazer o refinanciamento de um automóvel ainda não quitado, o ideal é procurar o banco onde fez o financiamento inicial. Nesses casos, a instituição financeira já tem os seus documentos, já conhece o veículo e poderá ser muito mais rápido e menos burocrático do que ir atrás de outro banco. Em todo caso, negocie as taxas de juros e o tempo de parcelamento. Se não ficar satisfeito na simulação, vale a dica de sempre pesquisar em outras instituições.

Valor de refinanciamento

Em todo esse processo, lembramos que o valor máximo que você poderá receber no empréstimo é o preço do veículo na avaliação da Tabela da FIPE. Se o carro está avaliado em apenas R$ 20 mil, esse será o teto do seu empréstimo, por exemplo. Se a sua dívida pendente ainda for muito alta, isso também poderá influenciar no valor emprestado. Carros com mais de 15 anos da data de fabricação dificilmente serão aceitos nessa modalidade de empréstimo. Leve isso em consideração.

Se você está procurando um empréstimo com garantia de bens, acesse nosso comparador. Com apenas algumas informações sobre você, nós traçamos o seu perfil e indicamos o melhor crédito e suas chances de aprovação.  Temos mais de 25 financeiras seguras e online para indicar. E, se for elegível para um de nossos parceiros, como a Creditas que é referência em empréstimo com garantia de bens, já poderá começar a solicitar seu crédito diretamente pelo nosso site.