Empréstimo com garantia: como funciona e quais são as vantagens

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. O que é empréstimo com garantia?
  2. Empréstimo com Imóvel como garantia
  3. Empréstimo com Automóvel como garantia
  4. Mitos e verdades sobre empréstimo com garantia
  5. Vantagens do empréstimo com garantia em relação ao empréstimo tradicional

Muitas pessoas procuram empréstimos, seja para quitar dívidas ou realizar um sonho. Uma das modalidades mais procuradas é o empréstimo com garantia. Porém, ainda gera dúvidas e medos para o cliente. Neste artigo vamos explicar o que é, como funciona e quais as vantagens e condições você precisa ter para adquirir um crédito como este.

O que é empréstimo com garantia?

Embora ainda pouco conhecido, o empréstimo com garantia vem crescendo no Brasil. Nessa modalidade, como o próprio nome sugere, o solicitante entrega algum bem para a instituição financeira, como por exemplo um imóvel ou automóvel, como garantia de que aquele empréstimo será pago. Mas não se preocupe, seu bem continuará com você, a única diferença é que ele ficará no nome da instituição que te emprestou o dinheiro até o pagamento total do empréstimo.

Assim, caso o cliente não cumpra com o pagamento do empréstimo, o bem em questão poderá ser tomado pela instituição. Desta forma, quem concede o empréstimo tem a garantia do pagamento e consegue oferecer juros mais baixos quando comparados com outros tipos de empréstimo.

O empréstimo com garantia pode ser muito atrativo, mas existem algumas condições que devem ser consideradas, já que não é indicado para todos os tipos de pessoas. Como existe o risco de perder o imóvel ou veículo em caso de não cumprimento do acordo, é interessante avaliar o risco e só pedir o empréstimo caso tenha certeza que conseguirá pagar todas as parcelas.

Existem duas modalidades de empréstimo com garantia: empréstimo com garantia de imóvel e o empréstimo com garantia de veículo. Confira a seguir as condições de cada uma**:

Empréstimo com Imóvel como garantia

O empréstimo com garantia de imóvel pode ser uma boa opção para quem precisa de um valor mais alto de crédito, um prazo maior e juros baixos.

Ao dar o imóvel como garantia, uma empresa terceirizada irá avaliar o seu valor. O limite máximo do empréstimo é de 60% do valor total do imóvel. Essa regra existe para proteger os bancos de inadimplência, e os solicitantes de arcarem com um empréstimo que não podem pagar.

 

Empréstimo com Automóvel como garantia

No empréstimo com garantia de veículo, carro ou moto entram como garantia de pagamento. Nesse caso, o veículo precisa estar no nome de quem solicita o empréstimo e deve estar quitado.

O valor do empréstimo fica em torno de 50% a 90% do valor do veículo, dependendo da instituição financeira. Com veículos mais novos geralmente se consegue taxas de juros mais baixas. Você também deve ficar atento ao ano do veículo, pois algumas instituições não aceitam automóveis com mais de dez anos. E assim como a casa, o veículo também passará por uma vistoria para a avaliação do valor e se está dentro dos padrões da instituição.

Mitos e verdades sobre empréstimo com garantia

Existem alguns fatos não esclarecidos que dificultam a compreensão na hora de fechar negócio com o empréstimo. Por isso, selecionamos alguns fatos para você ficar sabendo a verdade e assim contratar o empréstimo com mais segurança.

Mitos:

  1. Não é possível vender o imóvel enquanto é usado como garantia: você pode sim vender seu imóvel durante o período que ele estiver alienado. Mas é necessário deixar isso bem claro com o comprador. Vender imóveis alienados a instituições financeiras é uma prática legal e pode ser feita também sob a supervisão de um advogado a fim de garantir que tudo seja combinado corretamente. O empréstimo será pago normalmente, porém o imóvel só poderá ser passado para o nome do novo proprietário após a quitação do crédito.
  2. O imóvel precisa ser seu: você não precisa ser dono de um imóvel para conseguir esse tipo de empréstimo. Porém, precisa de alguém que tenha um imóvel e obviamente esteja de acordo. A pessoa que entrará como interveniente garantidor, que cede o imóvel, também se torna responsável pelo empréstimo. E para ceder o imóvel a pessoa não precisa necessariamente ter parentesco com você, o importante é estar ciente.

Verdades:

  1. Nem todos os imóveis ou automóveis são aceitos: pode variar de acordo com a sua instituição financeira. Características como modelo, ano e marca podem influenciar na hora de fazer seu empréstimo. No caso dos imóveis, existem restrições em algumas características, como metros quadrados e a finalidade do imóvel. Você sabia que Templos religiosos e hospitais não podem ser aceitos como garantia? Pois é, antes de começar a separar os documentos para começar o empréstimo, confira se a sua instituição financeira aceita a sua garantia.
  2. Você só pode colocar o imóvel como garantia em um empréstimo por vez: o órgão regulador de crédito, o Banco Central do Brasil, tem algumas determinações que visam proteger tanto os clientes quanto as empresas. Dentre essas leis, uma delas é que não se pode colocar um imóvel em mais de uma operação de crédito, para evitar inadimplências.

Vantagens do empréstimo com garantia em relação ao empréstimo tradicional

Conforme as dúvidas sobre o empréstimo com garantia são sanadas, a procura por esse tipo de empréstimo cresce. Entre as razões estão os baixos custos em relação aos outros tipos de empréstimo, a rapidez na concessão do crédito e o prazo de pagamento.

  • Juros menores
    Essa é uma das principais vantagens do empréstimo com garantia: a taxa de juros. Os juros destes empréstimos acabam sendo menores do que em outras modalidades, pois o banco tem a certeza de que irá receber.Como um bem é dado como garantia, seja um imóvel ou veículo, em caso de inadimplência, o bem fica em posse do banco. O risco é baixo para o banco ou instituição financeira.
  • Quem está com o nome sujo pode solicitar
    Outro atrativo do empréstimo com garantia é que o empréstimo pode ser aprovado mesmo para aqueles que estão negativados. Isso porque não importa muito a situação do solicitante nos órgãos de restrição de crédito como Serasa e SPC, contanto que se ofereça um bem quitado em garantia.

Vale lembrar que mesmo nesse tipo de empréstimo o cliente também passará por uma análise de crédito, podendo o empréstimo ser liberado ou não.

Se você quer procurar a melhor opção de empréstimo para o seu perfil, confira abaixo o Simulador de Empréstimos do IQ 360: