Vale a pena pedir um empréstimo para estudar?

Por Diana Ribeiro

emprestimo-estudar

Você está em dúvida se é ou não uma boa opção pedir um empréstimo para gastos com educação, seja para você ou para seus filhos? Nesse artigo vamos analisar essa questão e te ajudar a tomar a melhor decisão. Confira!

Por que pedir empréstimo para estudar?

Você deseja fazer um curso de especialização, estudar outro idioma fora do país, quitar a faculdade ou pagar uma escola melhor para os seus filhos, mas está com o orçamento apertado? Ao mesmo tempo, acredita que esse é um investimento necessário para o seu crescimento. Será que pedir um empréstimo é uma boa opção?
Lembre-se que nem sempre pessoas que pedem empréstimo estão endividadas: em algumas situações usam o crédito para investirem em algo que consideram importante. E se você precisa de um empréstimo para custear os seus estudos, isso pode ser enxergado como um investimento para o seu crescimento. Estudar é sempre um investimento, pois você estará investindo no seu aprendizado, seja profissional ou não.
Após se especializar em algo ou aprender uma nova língua, por exemplo, além da bagagem cultural adquirida, você também terá um maior valor de mercado. Isso quer dizer que possivelmente terá uma proposta mais interessante em relação a sua carreira profissional, por conta do seu diferencial que foi proporcionado pelo seu aperfeiçoamento e dedicação.

Vale a pena pedir empréstimo para estudar?

Especialistas costumam dizer que pedir empréstimo só vale a pena se for para pagar uma dívida mais cara ou se for para investir em algo que terá um retorno financeiro posteriormente. Pois bem, estudar é investir em si mesmo e pode acarretar em um aumento na sua renda futuramente.
Mas, vá com calma! Não saia pedindo empréstimo para qualquer curso que aparecer pela frente. Analise se o seu investimento de tempo e dinheiro realmente vale a pena. Pesquise sobre a instituição de ensino e converse com alunos e ex-alunos para te ajudar a tomar a melhor decisão.
O mesmo vale se a sua dúvida for em relação ao ensino dos seus filhos. Avalie se aquele colégio que custa um pouco mais caro ou o intercambio para outro país é um bom investimento para a carreira deles.
Além de analisar as vantagens e desvantagens do curso que você pretende investir, faça as contas de como esse empréstimo entrará no seu orçamento. Quanto vai te custar mensalmente? Tenha esse valor claro e veja se cabe mais uma despesa na sua vida financeira.
Se você julgar que é um bom investimento para a sua vida pessoal e profissional, então cogite pedir um empréstimo para estudar. Agora você precisará pesquisar qual o melhor empréstimo e encarar essa dívida como um financiamento para o seu crescimento.
O empréstimo com garantia e o consignado costumam ter juros mais atrativos, então vale a pena fazer uma simulação para ter uma ideia da taxa de juros e do valor das parcelas.
Faça uma simulação gratuita com o IQ Empréstimos e compare qual a melhor opção de empréstimo para você: