É possível fazer empréstimo sem consulta ao CPF?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Empréstimo para negativados
  2. Renegociando as dívidas

Para liberar empréstimos, instituições financeiras e bancos consultam o CPF da pessoa que está solicitando o crédito. A consulta do CPF é indispensável num empréstimo, já que é esse processo que diz se o solicitante é um bom pagador: se tem dívidas, qual a frequência de compras, entre outros levantamentos sobre sua vida financeira.

Essa consulta geralmente é feita por bureaus de créditos, como o SPC e o Serasa, que determinam um score de crédito para cada pagador e validam se as informações concedidas são verdadeiras. Além disso, é possível que a empresa já possua suas informações de compras passadas e pode usar isso para definir seu perfil de crédito.

Pelo fato de o CPF ser uma informação essencial no mundo dos empréstimos, não existem opções de empréstimo pessoal sem consulta ao CPF. Todas as empresas que concedem empréstimos pessoais fazem uma avaliação do seu perfil e da sua situação como pagador principalmente por meio da consulta ao CPF.

Mas e se eu estiver com o CPF “negativado”, ou seja, com o nome sujo? E se meu score de crédito for baixo no Serasa, SPC ou Boa Vista? Eu consigo pegar empréstimo?

A resposta é: sim!

Existem empresas especializadas em conceder empréstimos para negativados. Mas atenção: pegar empréstimos nessa situação faz com que as taxas de juros sejam muito maiores! Portanto, só solicite esse tipo de empréstimo em caso de extrema necessidade ou para “limpar seu nome”. O IQ Empréstimo tem empresas parceiras que te ajudam a conseguir empréstimos mesmo nessa situação. Experimente:

Empréstimo para negativados

Para saber se seu nome está sujo ou se sua pontuação no score de crédito não está das melhores, você precisa se cadastrar em um bureau de crédito, fornecendo informações como nome completo e número do CPF. É um processo simples e gratuito. Se você deseja saber seu score especificamente no Serasa, nós te ensinamos o passo a passo neste texto.

Se você estiver de fato com o CPF negativado, não se desespere: existem modalidades de empréstimos que você pode solicitar mesmo estando com o nome sujo na praça. Veja a seguir quais são essas opções:

  • Penhor: essa modalidade solicita o seu CPF, mas não faz nenhuma análise de crédito. Isso acontece porque, para conseguir esse empréstimo, você necessita deixar um bem valioso em garantia com a Caixa (instituição financeira recomendada para conceder esta modalidade de empréstimo). Além de conceder empréstimo para negativados, no penhor da Caixa você sai com o dinheiro em mãos logo após a aprovação.
  • Empréstimo consignado: esta é a modalidade de empréstimo pessoal mais barata do mercado, mas ela só é disponível para servidores públicos, pensionistas do INSS e funcionários privados cujas empresas possuem convênio com uma instituição financeira/banco. No empréstimo consignado, a parcela que você deve pagar já é descontada automaticamente da sua folha de pagamento ou benefício do INSS. Assim, a instituição financeira ou banco que concedeu o crédito consignado tem a certeza de que receberá a parcela de empréstimo de volta, por isso disponibilizam também para negativados.
  • Instituições financeiras: se você não tem joias para penhorar ou não pode solicitar um empréstimo consignado, você pode recorrer a empréstimos pessoais que permitem clientes negativados. Algumas instituições financeiras disponibilizam este tipo de crédito, como a Simplic e a Crefisa. Entretanto, vale a pena lembrar que a taxa de juros de empréstimos pessoais para negativados costuma ser maior que a média.
  • Empréstimos com garantia: colocando um bem em garantia, como um imóvel ou um carro, as chances de você ser aprovado num empréstimo são muito mais fáceis, porque a instituição financeira tem mais credibilidade de que você pagará as parcelas do empréstimo. Por isso, mesmo que ainda haja análise de crédito nos empréstimos com garantia, as instituições financeiras que fazem esta modalidade de crédito costumam aceitar negativados.

Renegociando as dívidas

Se você está negativado, procurar um empréstimo pessoal parece ser a melhor opção. Mas que tal cortar o mal pela raiz limpando seu nome?

O primeiro jeito de conseguir esse feito é quitando todas as dívidas que você tem. Para isso, procure a empresa ou o banco onde você possui a dívida e tente renegociar o valor do pagamento ou o prazo da parcela. Se você não sabe exatamente quais são os lugares que tem como pendência, consulte um posto de atendimento de um bureau de crédito. Checando seus documentos pessoais, eles irão verificar o seu registro de crédito e mostrar que dívidas você precisa quitar.

Renegociando suas dívidas, você já está um passo mais próximo de ter o CPF limpo! Mas não se esqueça: para continuar com o histórico de pagamento positivo aos olhos do mercado, é indispensável manter todas as suas contas em dia.