Vale a pena pedir um empréstimo para viajar?

Por Bruno Freitas

Índice de Conteúdomenu

  1. Por que pedir um empréstimo para viajar?
  2. Veja a taxa de juros do empréstimo
  3. Estime todos os gastos
  4. Planeje bem - mesmo com o empréstimo

Você decide que chegou a hora de fazer aquela viagem que vai mudar sua vida e te transformar em outra pessoa, mas se vê sem dinheiro para isso. O que fazer? Trabalhar mais e juntar esse dinheiro ou pedir um empréstimo?

A resposta mais sincera, desde já, é que não existe um único caminho a seguir. Às vezes, pedir um empréstimo pode ser algo positivo, se você já decidiu que vai viajar e precisa de dinheiro.

Por que pedir um empréstimo para viajar?

Antes de responder se vale a pena ou não fazer um empréstimo para viajar, é preciso dar um passo atrás e perguntar o quanto você quer fazer essa viagem. Se ela precisa ser agora, seja por razões práticas ou emocionais, então sim, vale – você já tomou a decisão e o empréstimo é um meio de você realizar seu anseio. Mas se a resposta é contrária, então pode valer esperar mais um pouco, guardando até ter o dinheiro necessário para viajar ou grande parte dele para solicitar um empréstimo menor. Pelo menos é o que seria mais sensato do ponto de vista financeiro.

É uma resposta que só você pode dar e, como já dito, sem certo ou errado. Muitos já pediram um empréstimo e recomendam: seja porque acabaram de se formar e queriam viajar, porque tinham saído de um emprego ou simplesmente porque queriam dar um chacoalhão na vida pessoal. Mas também não dá para sair pedindo dinheiro a qualquer custo. Muitos já quebraram e ficaram com o nome sujo por isso. Sendo assim, a recomendação é de cuidado para não dar um passo maior do que a perna.

Mas decidido fazer o empréstimo, o que fazer para garantir que você pegou o melhor empréstimo?

Veja a taxa de juros do empréstimo

Saber a taxa de juros de um empréstimo é item obrigatório para saber se ele é interessante ou não. Como você, provavelmente, fará um empréstimo de uma grande quantia, é sempre recomendado escolher aquele que tiver menor juros. Para isso, saiba quais tipos de empréstimo são úteis para você. Um pontapé inicial é dar uma olhada no nosso texto “Qual a modalidade de empréstimo com as menores taxas?”.

Também existem financeiras, como os grandes bancos, que oferecem empréstimos específicos para viagens. Vale procurar e tentar negociar taxas e prazos especiais de pagamento, dependendo do período que você vai passar fora.

Estime todos os gastos

Saber com precisão o quanto vai gastar não é importante só para se planejar melhor, mas também é vital para conseguir seu empréstimo. Nem sempre a financeira vai fornecer 100% do quanto você precisa para viajar, ainda mais se você não tiver clareza dos números. Sendo assim, vale estar com todos os dados corretos na hora de procurar seu empréstimo.

Diferentes calculadoras na internet, assim como roteiros de viagens, podem te ajudar a saber quanto precisa para seu empréstimo

Planeje bem - mesmo com o empréstimo

Um empréstimo nada mais é do que uma dívida que precisa ser paga, acompanhada de juros. É importante ter isso em mente sempre, para não se deslumbrar com o dinheiro e esquecer que você vai precisar devolvê-lo acompanhado de uma taxa que vai abocanhar um pouco mais.

Além disso, uma viagem sempre envolve uma série de pequenos custos que precisam ser planejados. Além da passagem, temos que reservar dinheiro para a hospedagem, alimentação, lazer, compras e um pouco para imprevistos. Você precisa, como já dito, ter tudo claro em sua mente para realizar sua viagem sem dor de cabeça.

Por fim, um empréstimo pode se justificar para realizar uma viagem transformadora que você não poderia pagar sozinho. Pode ser o que você precisa para alavancar sua vida, carreira e sonhos. Mas é preciso cautela e clareza no planejamento. Com isso em mente, desejamos uma excelente viagem para você!