Por que empréstimo para negativado tem juros maiores?

Por Redação IQ 360

emprestimo-negativado-juros-maiores

Para conceder um empréstimo, o banco ou a instituição financeira precisa saber o cliente terá capacidade de honrar com a dívida, seja ela de longo ou médio prazo. Para ter alguns indicativos de que isso será possível, é realizada uma pesquisa pelo CPF e o nome do interessado nos bancos de dados de empresas de proteção ao crédito, como Serasa e SPC. Se a pessoa está com o nome limpo, as chances de esse crédito ser autorizado são muito maiores do que se ela estiver inadimplente.
Mas se o consumidor estiver com o nome sujo na praça ele fica impedido de receber qualquer tipo de empréstimo? Bem quando ele mais precisa?! A resposta é: depende. Confira algumas dicas dos especialistas e entenda por que os juros são maiores para quem está “negativado”:

Nome sujo

A análise do perfil do consumidor será realizada por todas as instituições em que ele tentar solicitar um empréstimo. Ou seja, por meio do número do CPF, será possível obter um histórico de bom ou mau pagador. Nos bancos, especialmente os maiores, as chances de se conseguir o empréstimo são remotas, mas nem por isso tudo estará perdido.

Financeiras

Para quem está negativado, o melhor caminho é tentar pedir um empréstimo nas financeiras. Muitas delas hoje atuam em plataformas digitais, analisando o perfil do cliente apenas pelos documentos enviados pela internet. Mesmo para quem está com o nome sujo na praça, pelas financeiras é possível conseguir uma negociação, dependendo do caso.

Parcelamento maior e mais caro

Como os negativados são considerados consumidores que tem uma baixa capacidade de honrar com as suas dívidas, ao ter um empréstimo aprovado os juros serão mais altos. Isso porque, além do risco de dar um “calote”, o parcelamento precisará ser muito maior para caber no orçamento desse cliente. Em outras palavras, ele levará muito mais tempo para quitar as dívidas antigas e as que está adquirindo agora.

Como escolher

Para saber se o empréstimo não vai piorar ainda mais a situação do negativado, a melhor saída é reorganizar o orçamento e a vida financeira em uma planilha, relacionando salário, dívidas pendentes e o que poderá sobrar para pagar o novo empréstimo. Se puder elaborar essa autoavaliação e levá-la na hora das simulações com as empresas de crédito, será uma ótima oportunidade para comprovar que está empenhado em quitar a dívida e tentar deixar esses juros e riscos um pouco menores.
Confira mais algumas dicas de como conseguir um empréstimo mesmo estando negativado, aqui mesmo no IQ: https://www.iq360.com.br/emprestimos/artigos/emprestimo-negativado