Qual o valor máximo para pedir um empréstimo pessoal?

Por Redação IQ 360

valor-maximo-emprestimo-pessoal

O momento em que decidimos pedir um empréstimo pessoal nunca é de tranquilidade. Geralmente ocorre quando já estamos quase afundados em dívidas, querendo trocar os juros de uma pela taxa mais atrativa de outra. Para quem já entrou no cheque especial, migrar para o empréstimo pessoal é uma boa saída. No entanto, há uma parcela menor de clientes que apenas está buscando o adiantamento de um valor para pagar uma viagem ou comprar algo muito específico neste momento.
Se o seu caso é algum desses, a dúvida seguinte costuma ser: qual o valor máximo que posso pedir ao banco no empréstimo pessoal? Confira algumas dicas dos especialistas:

Não há regra

O primeiro passo é entender que não existe uma regra ou um padrão. O valor concedido pelo banco ou qualquer outra instituição financeira será de acordo com o seu perfil e o montante que o banco está disposto a dar de crédito aos seus clientes, de uma maneira geral, dependendo do momento econômico do país. Em tempos de crédito reduzido, o valor para o empréstimo pessoal será menor do que em épocas mais otimistas e de fácil acesso ao crédito.

Perfil de bom pagador

Se você já conhece o seu gerente e está acostumado a negociar com ele, talvez já conheça esta dica. Os clientes bons pagadores são aqueles que têm as contas em dia, honram com as parcelas de empréstimos anteriores e, portanto, mantêm o nome limpo na praça. Se o seu CPF está negativado, fica muito mais complicado conseguir qualquer valor emprestado. Por outro lado, se o seu salário é fixo e você consegue economizar, as chances de conseguir aumentar o valor do empréstimo são maiores.

Limites pré-aprovados

Conforme o seu tempo de cliente no banco vai aumentando, as chances de você ter o seu limite de crédito pré-aprovado também são maiores. Para isso, também é fundamental ter um histórico de bom pagador e o CPF limpo. Assim, na hora de pedir um empréstimo pessoal, o seu gerente poderá fazer um rápido levantamento dos seus últimos extratos e verificar que a situação é favorável, que você pode solicitar um crédito maior do que já tinha solicitado anteriormente e ir ganhando confiança no banco.

Juros e parcelas

De todas as formas, sempre vale a dica de avaliar a sua real capacidade para honrar com o valor das parcelas do empréstimo que pretende adquirir. Compare as taxas de juros em outros bancos, mesmo se o seu banco lhe parecer atrativo desde o começo. Se o seu histórico é positivo e um outro banco ofereceu condições melhores para o valor que você estava cogitando, talvez seja uma boa opção apresentar essa oferta ao seu gerente para ver se ele cobre o valor para manter o seu empréstimo por lá. Se isso não acontecer, trocar de banco pode ser um caminho considerável.
O IQ também pode ajudar a encontrar o melhor empréstimo. Utilize o nosso comparador e veja qual opção se enquadra melhor no seu perfil