Saiba como tirar o seu extrato INSS

Por Redação IQ 360

O Instituto Nacional do Seguro Social, conhecido mais popularmente como INSS, é o órgão que opera a previdência social brasileira. É por meio do INSS que os trabalhadores que se aposentam recebem as suas aposentadorias e pensões. Criado durante o governo do presidente Getúlio Vargas, o instituto é responsável por arrecadar, gerir, liberar e fiscalizar os recursos.
Para poder se aposentar por tempo de contribuição, os trabalhadores precisam pagar um valor mínimo todo mês durante um longo período. Atualmente, os homens precisam comprovar 35 anos de contribuição, já as mulheres, 30 anos. Há também a aposentadoria por idade, embora não exista um consenso sobre a idade mínima. Esse requisito precisa estar relacionado com um tempo de contribuição mínimo de 15 anos. Via de regra, no setor privado, homens podem se aposentar por idade ao alcançar os 65 anos, e as mulheres, 60.
No Congresso Nacional, está em discussão a Reforma da Previdência, que deve estabelecer novas regras e aumentar o tempo de contribuição por parte dos trabalhadores e a idade mínima. Essa mudança deverá atingir especialmente os mais jovens e recém-ingressados no mercado de trabalho. Os que estão em idade entre 45 e 53 entrariam em uma fase de transição. Mas tudo isso ainda depende de novas rodadas de discussão entre os parlamentares.
Hoje, a única certeza é que só pode solicitar o benefício do INSS quem contribuiu ao menos 15 anos consecutivos e atingiu a idade mínima. Importante lembrar no entanto, que além da aposentadoria, os beneficiários também podem solicitar uma pensão do Estado em caso de aposentadoria por invalidez, pensão por morte, auxílio doença, salário-maternidade, entre outros.

Como tirar o extrato

O INSS indica que o extrato de vínculos e contribuições dos segurados pode ser consultado no próprio site do instituto. Mas, para isso, primeiro é necessário solicitar uma senha de acesso, que só é liberada pessoalmente, numa das agências da Previdência Social. Essa é uma medida de segurança do órgão, já que os casos de fraude são muito frequentes. Portanto, é necessário agendar o atendimento por telefone, no número 135, ou pelo site da Central de Atendimento.
Depois, com a senha em mãos, você poderá voltar ao site do INSS, no menu de Serviços ao Cidadão, e acessar o extrato informando também o NIT/PIS/PASEP.
Caso você também seja um correntista do Banco do Brasil, poderá acessar o extrato no caixa eletrônico e no internet banking. Clientes da Caixa Econômica Federal têm acesso liberado no internet banking apenas.
Lembre-se de nunca compartilhar as informações da sua senha e nem do seu PIS-PASEP com pessoas desconhecidas. Mesmo se tiver dúvida sobre o sistema ou sobre o próprio extrato, consulte algum funcionário do INSS, e não do seu banco ou qualquer outra pessoa. Existem muitas quadrilhas de golpistas treinadas para acessar a conta dos beneficiários do INSS.