Como vender um imóvel?

Por Redação IQ 360

vender-imovel

Assim como a decisão para se comprar ou alugar um imóvel precisa ser bem pensada, na hora de vender uma casa ou apartamento os cuidados precisam ser ainda maiores. Desfazer-se de um patrimônio às vezes pode parecer a única saída para saldar uma dívida enorme. Nesse caso, o ideal sempre é procurar alternativas menos drásticas. Afinal, depois de assinado o contrato com o comprador, não tem mais volta.
As situações mais indicadas para a venda é se você vai mudar de cidade definitivamente ou pretende investir o dinheiro em outro empreendimento. Mas é bom ficar atento ao que os especialistas apontam como fatores fundamentais para fazer um bom negócio.

Cenário econômico

Analisar como o mercado vem se comportando nos últimos anos é o passo inicial. Embora a estabilidade econômica das duas últimas décadas tenha facilitado o crédito aos compradores, nos últimos anos a venda de imóveis ficou mais estagnada do que o mercado de locação.
Em outras palavras, quem queria vender acabou demorando muito mais tempo do que previa, acumulando prejuízos com as taxas de condomínio e IPTU. Muitos desses proprietários optaram por colocar seus imóveis para locação e adiar a venda.

Valorização da região

Ao confirmar a opção pela venda, você vai precisar definir o valor do seu imóvel e qual a margem de negociação aceitável. Lembre-se que todo comprador ou instituição financeira que se dispuser a adquirí-lo vai querer baixar o valor inicial. Portanto, pense no valor real que você quer receber, o valor máximo que poderá anunciar e qual é o máximo aceitável para diminuir o preço.
Se o seu imóvel está localizado em uma região que vai ganhar uma estação de metrô, um parque, um supermercado de uma grande rede, um shopping ou qualquer outro empreendimento relevante, talvez seja melhor esperar a inauguração. Dessa forma, a valorização será automática e você poderá cobrar mais pela venda. Até lá, considere a locação como uma solução provisória.

Reformas

Ao acompanhar a dinâmica da região do seu imóvel, verifique também a oferta de possíveis concorrentes. Não seria uma má ideia fazer uma visita a essas casas ou apartamentos. Se não for possível, ao menos procure nos sites das imobiliárias o que está sendo oferecido. Caso o seu imóvel esteja muito abaixo do padrão, não desconsidere a possibilidade de reformá-lo antes de colocar à venda.

Imobiliária

Vender um apartamento, como já dissemos, é muito mais complexo do que se você colocá-lo para locação. A demora em achar um comprador pode resultar em meses ou até anos se você não tiver uma ajuda especializada. Contratar uma imobiliária vai ajudar a deixar o seu imóvel competitivo e disponível para quem está buscando a melhor oferta de compra.
Consulte alguns amigos ou familiares para obter referências de qual seria a melhor empresa. Não caia na tentação de escolher a mais barata, isso pode trazer prejuízos depois, na hora de receber os valores da transação final, por exemplo. Uma imobiliária também poderá ajudar com a documentação e você não vai precisar ter um contato direto com o seu comprador.