O que é caixa 2?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Mas como uma empresa faz o caixa 2?
  2. Caixa 2 eleitoral

Você já deve ter ouvido muito por aí que tal empresa ofereceu dinheiro de caixa dois a algum político. Isso é muito comum durante período de campanhas eleitorais, quando algumas corporações esperam receber favores, obter informações privilegiadas ou benefícios em licitações após as eleições.

Caixa 2 nada mais é do que o dinheiro que entra ou sai em uma empresa sem ser declarado aos órgãos de fiscalização. Dessa forma ele é “escondido” e usado para fins diversos.

Mas como uma empresa faz o caixa 2?

Muito simples: caixa 2 é uma prática totalmente ilegal de não registrar determinadas entradas e saídas de dinheiro de um caixa, criando assim um acúmulo paralelo de recursos.

Normalmente, o dinheiro do caixa 2 é ocultado para que não incidam impostos sobre ele e/ou usado para outras atividades ilícitas. O caixa 2 pode ser feito por meio de compras superfaturadas ou ao deixar de emitir nota fiscal, já que desta forma a empresa não contabiliza os produtos ou serviços comercializados. Também ocorre em caso de subfaturamento, quanto se registra um valor menor de venda do que realmente foi pago.

Caixa 2 eleitoral

No caso de caixa 2 eleitoral, o dinheiro é proveniente de doações não registradas, que não serão declaradas. Aqui no Brasil, uma lei eleitoral estipula um limite para arrecadação e gastos com campanhas. Para driblar essa imposição e obter mais dinheiro, os partidos fazem esse caixa paralelo e ilegal. Depois, se o candidato ou o partido vencer, atuará de forma corrupta para criar vantagens ou atender aos interesses das empresas que doaram dinheiro através desta prática ilícita.