4 dicas para fazer um churrasco barato

Por Redação IQ 360

churrasco-barato

Fazer um churrasco é uma das melhores formas de reunir amigos e familiares. Com o alto preço das carnes, melhor ainda se for um churrasco barato. Não ter dinheiro para uma picanha nunca foi desculpa para deixar de chamar os amigos e amigas para um dia de música, diversão e fartura.

Com a Copa do Mundo, muitos já estão marcando datas para acompanhar nossa seleção com um bom churrasco. Mas apesar de divertida, a brincadeira pode sair cara. E para o churrasco continuar sendo motivo de alegria e não uma dor de cabeça financeira, separamos algumas dicas de como você pode fazer com que ele saia bem mais barato – gastando pouco mais de R$100.

Não garante o glamour das carnes nobres, mas mantém o sabor de um bom churrasco sem pesar tanto em seu bolso. Afinal, como dizem os grandes churrasqueiros, o segredo está no ponto da peça.

Antes de tudo, o carvão: como acender rapidamente o fogo para o seu churrasco

Um segredo simples para se acender o fogo sem desperdiçar álcool, muitos carvões e ainda correr menos risco é sempre colocar um papel molhado com álcool em meio a uma “casinha” de carvões. Acendendo o isqueiro ali e dando espaço para o oxigênio passar para aumentar o fogo, em pouco mais de dez minutos você já vai ter sua brasa acesa. Sem precisar abanar, sem nada.

Usar álcool em gel também é uma opção eficiente, apesar de custar mais.

O essencial para o churrasco: a carne

Imaginemos um churrasco da copa. É preciso que tenha comida o tempo inteiro para todos ali. Antes, durante e depois do jogo. É muito tempo, você pode pensar. Mas não precisa se assustar, em churrascos como esse as pessoas costumam comer, em média, apenas 300 gramas de carne. É a melhor medida para você levar em conta para saber o quanto comprar.

Acompanhamentos como vinagrete, bebidas e uma conversa boa fazem com que só belisquemos a comida. Calcular quantos quilos comprar antes de ir ao mercado é uma forma de evitar desperdícios. Mas como escolher as carnes com melhor custo-benefício?

Valorize a carne de segunda

Apesar de menos apreciadas, escolher carnes de segunda é uma maneira de fazer um bom churrasco gastando pouco. Mesmo não tendo o mesmo refinamento de peças como a picanha, a fraldinha ou cortes mais nobres, peças como a maminha e o miolo de acém podem muito bem ser as únicas carnes bovinas de seu churrasco.

A dica é acertar no corte, temperar com cuidado e se atentar ao ponto. Assim, carnes como a maminha podem se tornar também opções suculentas e macias de se comer. O acém, assim como o coxão duro, também tem a versatilidade de dar liga para virar, quando junto com um creme de cebola em pó, a famosa carne kafta no espetinho.

Linguiça é toscana (ou outra barata de sua preferência)

Para as linguiças, apesar de você poder escolher por tipos artesanais ou mais seletos, uma linguiça toscana, ou outras na mesma faixa de preço, costumam funcionar muito bem e garantir que o desejo de todos seja saciado.

Pernil e peito de frango sem osso como opções de carne bovina e de frango

Para carnes bovinas, comprar um pernil no açougue aparece como uma excelente opção custo-benefício de garantir uma carne de porco barata e saborosa. Cortando em tiras depois de pronto, você garante que o pernil seja servido como as outras peças do churrasco.

Com coxas, asas ou mesmo um peito de frango sem osso cortado e distribuído em espetos, você tem opções baratas de frango para seu churrasco e aumenta ainda mais as opções de seus convidados – e também os sacia de forma mais rápida. Melhor para seu bolso e para eles.

Os acompanhamentos: vinagrete simplificado, pão de alho caseiro e legumes

Para acompanhar toda as opções de carne, você pode escolher acompanhamentos que podem ser feitos em casa de maneira prática e barata. Também são ótimos para alimentar os vegetarianos do encontro. Assim, todo mundo pode torcer de estômago cheio.

Vinagrete simplificado

1 pepino, 1 limão e 1 cabeça de cebola é tudo o que precisa para fazer um vinagrete mais simples que continue saboroso. Uma outra dica é que quanto mais limão colocar, mais caldo seu vinagrete vai ter. Com pão, é uma ótima forma de servir as pessoas que estão no churrasco.

Pão de alho caseiro

Pão de alho costuma ser um sucesso absoluto com todo mundo. Por isso, não costuma ser barato nas gôndulas dos supermercados. Um jeito mais econômico de garantir o pão no churrasco é fazer ele de forma caseira. É fácil: com alhos, manteiga, e o que mais desejar para temperar você garante um ótimo alimento e uma forma de dar fim para os pães mais velhos de sua casa.

Legumes e vegetais

Legumes picados em um espetinho, quiabo, abobrinha e pimentão são ótimas pedidas para colocar na grelha e garantir a alegria também daqueles que não comem carne. Só se lembre de reservar uma parte da grelha só para isto, para que os legumes e vegetais não sejam lambuzados pelo que restou da carne que há pouco esteve ali.

As bebidas: cervejas nacionais e refrigerantes retornáveis

Chegamos as bebidas. Parte essencial da festa, também temos dicas para gastar menos com elas.

Cervejas nacionais

Você pode até gostar de rótulos estrangeiros, mas se quiser gastar pouco sua pedida tem que ser as cervejas nacionais. Skol, Brahma e Itaipava são opções que custam muito menos em qualquer mercado e não vão ser motivo de reclamação de ninguém.

Refrigerantes retornáveis

Uma alternativa não alcoólica que também gaste pouco são os refrigerantes retornáveis. Eles costumam custar muito menos do que um refrigerante convencional quando você leva a garrafa na hora da compra. Coca-cola, Fanta e Guaraná Antarctica já trabalham com essa opção, bastando que você ache um estabelecimento próximo de sua casa ou de onde vai ser o churrasco que aceite esse tipo de garrafa.

Um churrasco barato: carnes de segunda, acompanhamentos feitos em casa e bebidas mais baratas

Seguindo o que mostramos você pode ter, por exemplo, um churrasco repleto de carnes como o acém, que é mais barato porém ainda é saboroso, a linguiça toscana, um pernil e um peito de frango acompanhados por um vinagrete simplificado, pães de alho caseiro e legumes em espetinho. Um menu bem diverso e que garante um churrasco completo e, ainda assim, barato. Com cervejas nacionais e refrigerantes retornáveis, você ainda bebe gastando pouco. Dividindo com seus amigos e amigas, certamente não vai pesar no bolso de cada um e vai garantir uma ótima confraternização.

É uma combinação que vai custar em torno dos R$100, sem contar o preço das bebidas, que é muito variável de região para região. Se você estiver em uma turma de dez, por exemplo, cada pessoa vai pagar R$10, para todos comerem. É um valor bem abaixo dos R$250, R$300 que um churrasco tradicional pode custar. Estamos falando de um legítimo churrasco barato, não?

Se quiser ver as receitas que comentamos aqui, recomendamos os vídeos do canal Churrasqueada e do cozinheiro Mohamad Hindi. Você pode ter outras dicas de como economizar seu dinheiro em nossos textos de investimento.