Como abrir conta jurídica estando no vermelho

Por Redação IQ 360

como-abrir-conta-juridica-estando-no-vermelho

Você está no vermelho e quer abrir uma conta jurídica. É possível? Nosso artigo vai procurar responder como você pode fazer isso – e por que pode ser difícil das instituições financeiras aprovarem sua conta em um primeiro momento. Mas existem argumentos que você pode usar para conseguir sua conta jurídica mesmo estando com dívidas.
É importante destacar, em um primeiro momento, que para a instituição financeira, as diferenças entre a empresa e o empresário são tênues. Especialmente nos primeiros dois anos de negócio, quando a empresa não tem um histórico próprio de balanços financeiros, os bancos costumam avaliar o crédito do empreendedor para avaliar a viabilidade da empresa. É por isso que você pode ter dificuldades de abrir sua conta jurídica se estiver no vermelho. O score do empresário conta muito neste processo. O Serasa Empreendedor oferece agora também o score da empresa, informação que pode te ajudar a avaliar a situação da pessoa jurídica.
Isto não significa, contudo, que a empresa não vai conseguir abrir uma conta. A resolução 2.025/1993 do Conselho Monetário Nacional transfere ao banco a decisão de abrir a conta ou de encerrá-la à revelia se o cliente estiver negativado. Por isso, é importante verificar com a instituição financeira qual a política dela para o seu caso. Alguns bancos só abrem conta para quem está positivo, outros fazem questão de atrair o empreendedor em dificuldades financeiras. Cada um com a sua estratégia de negócio.
O que vai influenciar, no fim das contas, é se sua empresa faz parte do público alvo do banco para pessoas jurídicas, e o que ele pode te oferecer para o seu negócio. Alguns aspectos relevantes:

Acesso a crédito

Se está negativado, dificilmente sua empresa terá acesso a crédito bancário. O financiamento para pessoa jurídica conta com juros menores, por isso a avaliação é mais criteriosa, para reduzir a exposição do banco a risco. Contudo, isso não significa que não haverá nenhum crédito disponível. Empresas de fomento mercantil e algumas fintechs oferecem créditos como antecipação de recebíveis para empresas sem que elas precisem estar no azul. Só precisa que o cliente não esteja negativado.

Balanço financeiro em dia

Um argumento que conta a favor da empresa é ter os balanços financeiros em dia e apresentando margem EBTDA positiva. Se os relatórios contábeis estiverem em ordem e as certidões negativas da empresa em dia, a instituição financeira pode relevar o score de crédito do empreendedor. Claro, isso vai depender se sua empresa é o público alvo do banco. Se for, o gerente fará todo o possível para te atender.

Investimentos ajudam

Se a empresa investe o caixa gerado em fundos e aplicações oferecidos pelo banco para seus clientes PJ, isso ajuda a melhorar o relacionamento. As instituições contam com um sistema interno de pontuação do cliente, no qual conta não só o score de crédito ou débitos no Sisbacen, mas o histórico de relacionamento do cliente com o banco. Um cliente disposto a investir R$ 100 mil pode ter ignorado um débito de 2 mil no Sisbacen, se o banco quiser.
No final do dia, o que vai contar é a disposição do banco em atender negócios como o seu e o seu relacionamento com a instituição. Relações positivas abrem portas, relações problemáticas vão te gerar dificuldades.