Como gastar bem seu salário

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Faça uma planilha dos seus gastos
  2. Use seu salário para pagar dívidas
  3. Use seu salário para pagar impostos e boletos
  4. Poupe e invista seu salário

Usar bem o seu salário, a cada mês, significa pagar as contas e as dívidas, de preferência sem precisar se endividar novamente. Sabemos que isso é bem complicado no longo prazo, especialmente em tempos de crise econômica. Mas para manter as contas equilibradas, existem alguns caminhos mais indicados pelos especialistas. Confira:

Faça uma planilha dos seus gastos

O primeiro passo para quem não quer entrar no vermelho é se planejar. Fazer uma planilha com todos os seus gastos e ver se eles estão compatíveis com o seu salário é fundamental. É nesse momento em que você poderá visualizar onde está gastando mais o que é possível cortar ou diminuir no orçamento. Para isso, é importante guardar todas as notas fiscais, os comprovantes dos cartões de débito e crédito, as suas faturas e boletos. Mantenha o hábito de reservar um dia do mês para organizar tudo isso e vá preenchendo o seu Excel aos poucos. Para economizar, é preciso ter disciplina. Aproveite para envolver as crianças nesse processo, assim elas poderão aprender desde cedo como funciona uma economia doméstica.

Use seu salário para pagar dívidas

Ao fazer esse diagnóstico, o passo seguinte é saber quanto vai sobrar para pagar as dívidas. Não adianta gastar todo o salário e ainda adquirir novas contas. Se puder abater os juros de dívidas antigas, isso também ajuda muito a não postergar tanto a conta total.

Use seu salário para pagar impostos e boletos

No orçamento anual é impossível fugir dos impostos. Se você conseguir abater aqueles mais caros – IPVA, IPTU e Imposto de Renda – logo no começo do ano, com o seu 13º salário, é o ideal. Caso prefira parcelar esses valores, lembre-se de que a conta vai chegar, mesmo que diluída. Portanto, estar preparado para elas é fundamental, assim como as suas demais contas fixas (luz, água, condomínio, mensalidade da escola, manutenção do carro, etc). No seu planejamento inicial, esteja ciente de que é preciso destacar bem as contas fixas para não acabar deixando para trás e substituir esse pagamento por outro mais supérfluo.

Poupe e invista seu salário

Outra opção para usar bem o seu salário é poupar uma quantia e investir em algum fundo ou até na poupança se estiver valendo mesmo a pena. Essa porcentagem não precisa ser muito alta. Uma pequena economia a cada mês pode se transformar em um montante maior, capaz inclusive de arcar com o valor de uma viagem internacional. No longo prazo, é poupando que você consegue dar uma entrada na compra de um imóvel ou veículo, por exemplo. Portanto, mesmo se você não tiver um objetivo final agora, não deixe de poupar. Em último caso, será muito importante para a sua aposentadoria futura.