4 dicas para comprar um celular barato

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Escolha um modelo de celular intermediário
  2. Quando comprar um celular
  3. Compare os preços dos celulares
  4. Celular usado

Comprar um celular novo é o desejo da maioria dos consumidores que vivem grudados no aparelho. Se você depende do celular para trabalhar, às vezes investir em uma marca melhor e em um modelo com mais funcionalidades será decisivo para os seus negócios. No entanto, se o preço é o fator que pesa mais neste momento, confira as dicas dos especialistas para economizar:

Escolha um modelo de celular intermediário

Não existe uma fórmula mágica quando estamos falando de celulares ou qualquer outro eletrônico: se ele acabou de sair da fábrica para as lojas, o preço será alto. Isso porque os fabricantes investiram uma boa quantidade de tempo e dinheiro em uma tecnologia mais avançada, em um design mais amigável e em um produto mais leve. Tudo isso custa muito e será repassado para o consumidor.

A boa notícia é que, quando isso acontece, o modelo anterior acaba ficando mais barato. E se você já estava sonhando em comprá-lo no ano passado, neste ano é bem provável que o preço tenha caído pelo menos uns 20%. Esta é a melhor equação entre custo benefício: esperar que um modelo bom fique mais em conta e caiba no seu bolso.

Quando comprar um celular

Lembre-se também que a melhor época do ano para fazer compras de bens duráveis é no primeiro trimestre do ano. Isso porque, passadas as festas de final de ano, as lojas precisam liquidar os estoques excedentes e receber os produtos mais novos. Muitas pessoas também estão em férias, longe das grandes cidades, o que já provoca uma diminuição considerável de potenciais compradores circulando pelas lojas de rua e shoppings. Aproveite essa oferta mais atrativa para comprar o celular que estava esperando desde o ano passado.

Compare os preços dos celulares

E mesmo se você pretende comprar o aparelho novo durante um período de promoções gerais, pesquise bastante. Compare os preços das lojas físicas e virtuais, considere vários modelos e marcas com funcionalidades parecidas e esteja disposto a negociar e pechinchar.

Outra época interessante para tentar adquirir o celular dos sonhos é em novembro, na famosa Black Friday. Mas, para não cair em armadilhas, pesquise os preços bem antes, faça comparações entre lojas diferentes para não ser enganado por falsas ofertas. Anote tudo, compare, faça simulações. Na internet, veja se o valor do frete não vai acabar saindo mais caro do que se você for pessoalmente à loja.

Celular usado

Muitas pessoas acabam descartando a possibilidade de comprar um aparelho usado, com medo que ele dure muito pouco. Esse risco existe, é verdade. Mas às vezes é possível encontrar produtos bons a preços competitivos em sites especializados. Se você precisa urgente adquirir um celular e não tem dinheiro para comprar um novinho, faça uma boa pesquisa, teste o aparelho na hora, leve alguém com mais experiência para ajudá-lo nessa missão.