4 dicas para comprar uma moto barata

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Busque os melhores preços de motos
  2. Dê a sua moto como entrada
  3. Considere modelos de motos anteriores
  4. Custo benefício da manutenção

Os amantes de motos sabem como é bom comprar uma novinha, direto da montadora, zero quilômetro. Mas também estão bem cientes de que isso pode custar bem caro.

Quem gosta de carros, mas está precisando economizar, acaba cogitando comprar uma moto agora e, mais adiante, quem sabe aquele veículo dos sonhos. Os motivos para buscar uma moto no momento atual podem ser os mais diversos, porém o preço é o que pode acabar aproximando esses consumidores.

Mas afinal, como achar a moto ideal ou encontrar um bom preço em um período de crise econômica? Confira as dicas dos especialistas:

Busque os melhores preços de motos

Pesquisar é a melhor saída para quem quer pagar barato. Se o produto é um bem durável, como um veículo, essa dica deve ser levada ao pé da letra. Até porque não existe milagre: só encontra preços bons quem passa mais tempo comparando as ofertas, visitando sites de vendas e botando o pé na rua para encontrar a melhor opção.

As concessionárias também podem oferecer preços atrativos em modelos novos, especialmente porque podem oferecer benefícios e isenção de impostos. Para usados ou seminovos, pesquise em sites especializados e não tenha pressa, visite os compradores, teste a moto e cogite a possibilidade de comprar um modelo diferente do que buscava inicialmente.

Dê a sua moto como entrada

Se você já tem uma moto usada ou até um carro que gostaria de vender, use esse valor para amortizar o valor da moto que pretende comprar. Os especialistas alertam que muitas vezes é mais vantajoso fazer essa venda diretamente com um comprador do que vender para uma concessionária. Assim você fica com um lucro maior para investir na moto nova ou seminova, podendo escolher um modelo até mais novo e moderno.

Considere modelos de motos anteriores

Comprar o modelo mais novo, com tecnologia avançada e mais recursos, é o sonho de quem adora motos e veículos em geral. Mas esse sonho pode custar bem mais caro do que o previsto inicialmente.

Lembre-se que nos anos anteriores o seu objeto de desejo era um modelo um pouco menos avançado e mesmo assim interessante. Portanto, considere adquirir uma moto de dois ou três anos atrás, com tecnologia de fabricação nem tão moderna, mas igualmente potente. O preço valerá a pena e mais adiante você poderá investir no modelo que está desejando agora.

Custo benefício da manutenção

Esta dica é sempre muito útil para quem está buscando o melhor custo benefício. Se o valor total da moto não é tão barato, mas a sua manutenção vai ser quase zero, esse é um ponto crucial na hora de escolher o modelo. Lembre-se que a manutenção mensal, para ser vantajosa, não pode superar o teto de 10% do valor do veículo. Faça as contas, compare e não compre antes de analisar esse elemento.