4 dicas para economizar comprando sapatos

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Fazer uma avaliação de quais sapatos já tem
  2. Promoções e troca de estação
  3. Alta temporada
  4. Pesquise os preços dos sapatos

Comprar sapatos novos pode ser uma verdadeira tentação. A quantidade de lojas especializadas em determinados tipo de calçados também aumentou muito nos últimos anos. Por um lado, isso é ótimo para quem está procurando exatamente aquele modelo. Mas, de outro, as chances de você levar para casa mais sapatos do que previa inicialmente só porque agora existem mais cores daquela sapatilha irresistível são enormes.

Confira algumas dicas dos especialistas para fugir das garras do comércio:

Fazer uma avaliação de quais sapatos já tem

A boa e velha dica das listas também vale para os sapatos. Se você tem verdadeira compulsão ou adora dar uma espiadinha nas novas coleções, é melhor andar com uma lista dentro da bolsa indicando todos os sapatos que você tem no armário. Quanto mais detalhada, melhor. Coloque os modelos e as cores, enumere algum item que talvez seja ideal repor mesmo. Afinal, às vezes ter o básico sempre novinho pode ser um ótimo investimento. Mas não se engane: seja bem honesta com o seu próprio orçamento financeiro.

Promoções e troca de estação

Por mais controlada que você possa ser, é bom prestar atenção nesta dica valiosa. A troca de estação ou de coleção acaba levando a promoções tentadoras, mas elas nem sempre valem a pena. Ao entrar em uma loja que está liquidando quase tudo, veja com calma se o produto não está danificado. Se o seu número só tem em uma cor que não é do seu gosto, não compre. Se você já tiver um modelo parecido na mesma cor, também não! Mesmo em uma liquidação, leve a sua lista e lembre-se do que ficou em casa. Faça fotos dos seus sapatos com o celular e consulte o seu armário se tiver dúvidas.

Alta temporada

As dicas anteriores também valem para a alta temporada. Nessa época, às vezes é mais fácil achar o sapato que você estava procurando há meses. Mas fique atenta ao preço: se for muito mais caro do que o normal, espere mais um ou dois meses. Em novembro e dezembro, com as festas de final de ano, as pessoas acabam comprando sem pensar, mas é só virar o ano que tudo muda. Em janeiro e fevereiro, os preços já ficam bem mais realistas.

Pesquise os preços dos sapatos

Essa dica também é daquelas que sempre valem a pena reforçar. Não tenha pressa para comprar um sapato novo, por mais que esteja precisando com urgência. Se você decidiu sair de casa disposta a trazer o novo par a qualquer custo, saiba que as chances de escolher errado ou gastar muito são altas. Pesquise em diferentes lojas e em vários shoppings. Não é raro encontrar o mesmo modelo com diferença grande de preço de uma região da cidade para outra.