Quais são os melhores bairros para morar em Curitiba?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Centro
  2. Água Verde
  3. Portão
  4. Bigorrilho
  5. Cristo Rei
  6. Batel
  7. Santo Inácio

Escolhida como a melhor capital para se viver por levantamento da Consultoria Macroplan, Curitiba tem bons níveis de educação, cultura, saúde e segurança. Entre todas as capitais pesquisadas, a cidade ficou com a maior nota em saneamento básico e sustentabilidade.

Fundada em 1693, a capital paranaense está localizada a 934 metros acima do nível do mar, e é uma das cidades mais frias do país, com temperaturas que variam entre 10º C e 26º C ao longo do ano. O município também é um dos mais organizados e com um dos centros históricos mais bem preservados do país.

Curitiba significa pinheiral (grande quantidade de pinheiros) em guarani, idioma dos índios que habitavam originalmente a região, que tinha grande quantidade de Araucária, árvore nativa também conhecida como pinheiro-do-Paraná e cujo fruto é o pinhão.

Centro

Morar nessa região é a garantia de estar rodeado da melhor infraestrutura da cidade, perto de tudo: comércios, bancos, museus, parques, museus, teatros, etc. Além da boa localização, a região tem imóveis mais baratos do que os bairros nobres vizinhos, tonando-se uma opção acessível, com bom índice de qualidade de vida.

Água Verde

Tradicional e com construções históricas, o Água Verde tem perfil residencial e dispõe de diversas opções de serviços e conveniências que facilitam muito a vida do morador. Um dos principais bairros da cidade, antes era habitado por uma colônia italiana com lavouras e criação de gado leiteiro, que com o passar do tempo foram substituídas pelos prédios residenciais atuais. Suas tradicionais ruas são bem arborizadas e o bairro também está próximo à Praça do Japão, uma das várias áreas verdes da cidade. Além disso, é onde está localizado o Shopping Água Verde e a Arena da Baixada, sede do clube Atlético Paranaense.

Portão

Área residencial e comercial que fica próxima a importantes centros culturais, como o Museu Metropolitano de Arte de Curitiba e ao Clube Literário, que fica na Igreja do Portão. O nome é uma alusão aos portões de um posto de fiscalização para o gado que passava pela região transportado pelas tropas paranaenses. Com boa infraestrutura urbana, o bairro também é reconhecido por abrigar feiras de produtos orgânicos.

Bigorrilho

Famoso por suas avenidas e ruas largas, também é conhecido como Champagnat e composto principalmente por edifícios residenciais. Tem ampla arborização e fica próximo de alguns dos principais parques e praças da cidade.

Cristo Rei

Um dos mais tradicionais bairros curitibanos, o Cristo Rei foi nomeado em alusão à igreja de mesmo nome que foi construída na região em 1937. Com diversas praças e jardins, possui perfil residencial e oferece uma boa variedade de serviços como hospitais, faculdades, academias e fácil acesso ao Jardim Botânico e Mercado Municipal.

Batel

Uma das regiões mais nobres da cidade, oferece uma diversificada rede de restaurantes, bares e dois shoppings: o Pátio Batel e o Shopping Crystal. Une o melhor da tranquilidade e agitação, agradando moradores de todas as idades. Próximo de diversas casas noturnas e da Praça do Japão, uma área de lazer ideal para passeios e caminhadas.

Santo Inácio

Próximo ao maior parque da cidade, o Parque Barigui, quem morra no bairro tem a facilidade de estar perto de um dos maiores shoppings da capital, o Shopping Barigui, e de uma infraestrutura urbana que garante excelente qualidade de vida.