Qual a diferença entre conta corrente e conta salário?

Por Redação IQ 360

diferenca-conta-corrente-e-conta-salario

Em algum momento da vida você já precisou ou precisará abrir uma conta em um banco. Isso geralmente acontece no início da carreira profissional, já que hoje pouquíssimas empresas fazem o pagamento de seus funcionários por cheques ou dinheiro em espécie.
Aí você tem duas opções: conta corrente ou conta salário. Cada tipo de conta tem um perfil diferente de correntista. Vamos explicar melhor a vantagem de cada uma delas para você saber qual se encaixa melhor com você.

Conta Corrente

A conta corrente é o serviço ideal para quem sempre faz transações usando dinheiro. Pode ser pagando contas, fazendo depósitos ou sacando. Também é uma das modalidades muito usadas para pagamento de salários. O lado negativo, se é assim que podemos chamar, é que todos os serviços prestados pelo banco para o correntista são tarifados. Os valores das tarifas variam de banco para banco.
Mas o Banco Central determina que os bancos tenham um pacote de serviços básicos e não podem cobrar por isso. Com este pacote básico o correntista tem direito a cartão de débito, quatro saques por mês, duas transferências bancárias entre contas do mesmo banco, dois extratos bancários mensais, 10 folhas de cheque por mês e consultas pela internet banking. Quando for abrir a conta, o cliente deve avaliar a frequência da sua movimentação, pois talvez o pacote básico não seja suficiente.
Para abrir uma conta corrente é preciso ter no mínimo 16 anos. Quem tem entre 16 e 17 anos precisa ser acompanhado por um responsável legal. É preciso apresentar documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de residência e um comprovante de renda, que pode ser a carteira de trabalho, holerite ou contrato de estágio, por exemplo.
A única coisa que impede a abertura da conta corrente é estar negativado ou com o nome no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e Serasa. Isso acontece porque o risco de inadimplência do negativado é maior, o que não é vantajoso para o banco.

Conta Salário

A conta salário só pode ser aberta por iniciativa e solicitação do empregador em nome do empregado, para pagar o salário, aposentadorias, pensões e similares. Os bancos não podem cobrar nenhuma tarifa em cima das movimentações e o empregador fica responsável pela identificação dos beneficiários.
Este tipo de conta dá direito a cartão de débito para saque (na boca do caixa ou em caixas eletrônicos) e realização de compras. Com a conta salário é possível fazer até cinco saques a cada crédito (pagamento da empresa), duas consultas de saldo e dois extratos por mês. Esta conta não dá direito a cartão de crédito, cheques ou limite de cheque especial.
Para abrir a conta salário o banco pede os documentos básicos: RG, CPF e comprovante de endereço atualizado. Outros documentos necessários são de responsabilidade da empresa.
Outra vantagem deste tipo de conta é que o banco não pode fazer nenhum tipo de desconto e o funcionário tem acesso ao salário todo. Os descontos só são feitos se o empregado autorizar previamente e formalmente.