Como viajar para a Disney gastando pouco

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Passagem para Disney
  2. Hospedagem na Disney
  3. Parques da Disney
  4. Alimentação na Disney

Conhecer a Disney é o sonho de muitos brasileiros. Mas, com a alta do dólar esse sonho pode parecer distante, embora seja possível conhecer seus personagens preferidos economizando e gastando o mínimo.

Evitar viajar entre os meses de janeiro e julho já barateia os custos. Hospedagem, passagem, alimentação e ingressos ficam mais baratos na baixa temporada, que vai de 28 de fevereiro a 3 de março, e de 22 de agosto a 29 de setembro. Você também pode planejar a própria viagem com o auxílio da internet, sem o uso de agências especializadas, evitando mais esse custo. Confira a seguir as melhores dicas para ir à Disney gastando pouco.

Passagem para Disney

Comprar passagens com antecedência de, pelo menos, cinco meses pode reduzir o custo em até 35%. A melhor opção é pesquisar entre 30 a 60 dias antes do voo, as passagens costumam ficar mais baratas para viagens de março a maio e de agosto a novembro.

Tente também buscar por dias e horários que a maioria das pessoas não querem viajar, como quarta-feira e sábado de manhã, e pesquise rotas alternativas; voos com várias conexões podem ter valores mais baixos.

Outra dica é usar sites comparadores para pesquisar preços e antes de comprar verificar o site oficial da companhia aérea que pode estar com alguma promoção relâmpago ou valor ainda mais baixo.

Hospedagem na Disney

Você pode optar por hotéis do complexo Disney, que garantem vantagens como traslado e estacionamento gratuitos; hotéis tradicionais, que são mais baratos; ou ainda alugar uma casa em Orlando. Sua escolha deve depender do período que vai ficar, parques que vai visitar e perfil da sua viagem. Uma dica é optar por quartos com geladeira e micro-ondas para guardar alimentos que pode comprar no supermercado.

Parques da Disney

São diversas opções de parques e atrações para os mais diversos perfis de pessoas e viagens. Pesquise sobre atrações e faça um roteiro de quais pretende visitar com antecedência, e sempre compre os ingressos ainda no Brasil para economizar com IOF e poder parcelar no cartão, se preferir. Fique atento para pacotes promocionais e saiba que os ingressos são vendidos por dias e não por entradas, cada um vale para um dia em um parque específico. Caso queira lembrancinhas da Disney opte por comprá-las fora. No Walmart ou no Target, por exemplo, os mesmos produtos de dentro dos parques chegam a custar três vezes menos.

Alimentação na Disney

A principal dica vale também para qualquer outra viagem: compre lanches e alimentos no supermercado, onde são mais baratos. Em Orlando, o Walmart é o principal deles e é onde você pode encontrar opções de lanches, snacks, água e comida congelada para levar aos parques ou comer na hospedagem.

Prefira comer em restaurantes fora dos parques, que são mais baratos, mas se for comer lá opte pelo menu kids, que são mais baratos e oferecem uma quantidade suficiente de comida para matar a fome. Antes da viagem, pesquise os restaurantes e as promoções e cupons de desconto para a época em que estiver na cidade. Além disso, as redes de fast food costumam oferecer cardápios econômicos com preço fixo.