Como organizar suas finanças para um ano sabático

Por Redação IQ 360

Um ano sabático é caracterizado como um período de pausa na carreira. Acontece quando um profissional decide interromper suas atividades profissionais durante um período em que vai viajar para buscar novos conhecimentos, aprender um novo idioma, ter experiências em outras culturas, fazer um curso ou apenas descansar.
Diante da situação econômica instável, tirar um ano sabático é um luxo para poucos. Não é uma tarefa fácil para ninguém conseguir a organização financeira para isso. Na verdade, o planejamento e a disciplina para fazer acontecer é a parte mais difícil.
As pessoas costumam falar ano, mas você pode optar por um “período” sabático, que pode ser de alguns meses. Antes de definir o tempo que vai usar para realizar seus sonhos, reflita sobre quais são os objetivos. Pesquise, converse com pessoas que já viveram essa experiência. Antes de partir para a aventura você precisa quanto dinheiro precisa guardar para que tudo se realize da melhor maneira possível.

Comunicar a empresa e a família

Comunicar à empresa sobre sua ideia de tirar um período sabático pode facilitar bastante o planejamento da viagem. É essencial que a intenção de se afastar do trabalho seja exposta de forma clara e o mais rápido possível. Desta forma, a empresa pode até se tornar sua aliada durante o processo.
Algumas empresas apoiam a ideia e permitem que o funcionário tire uma licença não remunerada com a garantia de que retornará ao trabalho com o mesmo cargo e salário após o período. Outras podem fazer um acordo para que o trabalhador seja contemplado com os benefícios de uma demissão.
Comunicar a família também é fundamental neste processo. Explique os motivos que o fizeram decidir pelo período sabático e o que você pretende fazer neste tempo.

Se preparar financeiramente

O planejamento financeiro para um período sabático só se inicia quando o objetivo é estabelecido. Se durante esse tempo você não terá nenhum tipo de renda, é essencial saber a duração, o custo de vida do destino caso você faça uma viagem, o tipo de estadia pretendida, os gastos com cursos, alimentação, passeios, deslocamentos, etc. Tudo que envolva esse projeto precisa estar na ponta do lápis.

Dicas financeiras

Antes de planejar os gastos com a viagem, identifique numa planilha suas receitas e despesas mensais do último ano. Separe os gastos fixos, os variáveis e os extras. Levante as receitas mensais e eventuais, reveja todas as suas despesas e encontre itens supérfluos que possam ser cortados. Você precisa começar a economizar!
Tenha uma reserva de emergência para cobrir suas despesas no período do sabático e considere o período da sua recolocação profissional.
O essencial para esse período é economizar dinheiro, vender um imóvel ou um carro e identificar o melhor investimento para garantir uma boa renda pelo tempo determinado.
Existem também diversas modalidades de investimentos com retorno em curto, médio e longo prazo. Se for investir, avalie quais opções são mais indicadas para o seu perfil e suas necessidades.