Como fazer uma viagem barata para Inglaterra

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Libra, a moeda inglesa, é bem cara
  2. Hospedagem e alimentação na Inglaterra
  3. Turismo na Inglaterra

A Inglaterra, e especialmente Londres, está entre os destinos mais procurados não apenas pelos brasileiros, mas por turistas do mundo todo. A capital britânica é considerada uma das mais cosmopolitas do planeta, atraindo visitantes o ano inteiro.

Libra, a moeda inglesa, é bem cara

O primeiro passo é planejar bem a viagem. Quanto mais antecedência, melhor. Se puder evitar os períodos de alta temporada, como os meses de dezembro, janeiro, julho e agosto, também será um ótimo ponto de partida. Fique de olho nas promoções das passagens aéreas. Algumas companhias oferecem descontos se você fizer uma conexão por Lisboa, Madri ou Paris, por exemplo. Para isso, não descarte voos das companhias desses países, como a TAP, a Iberia e a AirFrance/KLM.

Hospedagem e alimentação na Inglaterra

Se você optar por alugar um quarto ou um pequeno apartamento pelo Airbnb, não só a sua hospedagem ficará muito mais barata, mas também poderá economizar na alimentação. Londres é uma cidade que tem uma oferta de transporte público impressionante. Então, se você alugar uma acomodação não tão perto do centro, isso não será um grande problema. Só levará um pouco mais de tempo para chegar às atrações de lazer e turismo. Mas se a grana está curta, cogite essa possibilidade. Mesmo nos bairros mais afastados, há uma oferta de minimercados em que você poderá fazer pequenas compras e preparar ao menos o café da manhã e o jantar em casa.

Além do Airbnb, há muitas opções de hostels e hotéis em regiões mais centrais. Utilize sites como Decolar.com e Trivago e compare os preços em épocas distintas. A diferença de valor entre opções muito semelhantes de localização e serviços pode ser surpreendente.

Turismo na Inglaterra

As atrações turísticas também merecem uma atenção especial do viajante. Sabendo da grande procura por pontos específicos, o VisitBritain reúne as principais informações que você precisa para escolher o que conhecer e como comprar ingressos. Este é o portal do órgão oficial de turismo britânico e tem uma versão toda em português, com dicas do que fazer em Londres e nas cidades mais próximas. Além disso, ele oferece a excelente opção de adquirir os bilhetes antes mesmo de chegar ao país, com descontos, e você pode pagar em dólar. Ou seja, muito mais barato e rápido do que encarar as longas filas em cada uma das atrações e pagando em libras.

Uma boa opção para quem pretende gastar ainda menos, ou que vai apenas fazer uma visita de poucos dias à cidade, é incluir no roteiro os museus gratuitos e os parques. A National Gallery e o Museu Britânico são abertos ao público e merecem uma visita. Não deixe também de presenciar, ao menos uma vez, a famosa troca da guarda em frente ao Palácio de Buckingham. Você também vai se encantar com os lindos campos verdes dos parques reais. Se for no verão, terá a companhia dos ingleses, que aproveitam esta época para longos piqueniques.