Quanto custa fazer um intercâmbio de 6 meses no Japão?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Moradia no Japão
  2. Transporte no Japão
  3. Alimentação no Japão

Fazer intercâmbio em um país como o Japão, com costumes e língua completamente diferentes da nossa, é um desafio que vem atraindo muitos brasileiros. A maioria dos interessados quer fugir das opções mais comuns na Europa e na América do Norte, imergindo em um mundo totalmente novo. Além de ser um diferencial e tanto ter o japonês no currículo, você ainda tem grandes chances de se encantar com a cultura milenar dessa ilha tão especial.

Confira algumas dicas de quem já esteve no Japão para fazer um intercâmbio:

Moradia no Japão

Os apartamentos do Japão, especialmente em Tóquio, são mundialmente conhecidos pelo tamanho reduzido, se compararmos com a metragem média no Brasil. Mas nem por isso os preços são mais atrativos. O aluguel de um apartamento de um quarto pode variar entre R$ 2,4 mil e R$ 4,7 mil. Já as despesas extras, como telefone, internet, água etc. somam uns R$ 600.

Transporte no Japão

Em Tóquio, a rede de linhas de metrô é muito bem servida, são cerca de 400 estações em toda a cidade. O preço, no entanto, não pode ser considerado barato. Cada passagem custa em torno de R$ 7,40 e o cartão mensal fica em torno de R$ 350. Ainda assim, é muito mais barato do que alugar um carro ou depender de táxi ou Uber.

Alimentação no Japão

Mesmo para quem está acostumado com a comida oriental, é bom prestar a atenção nesta dica se a ideia é economizar. O custo de produtos mais ocidentalizados não é barato no Japão. Portanto, você vai precisar estar preparado para comer a culinária local na maior parte das refeições. Claro que existem as opções de lanchonetes como Mc Donald’s, mas no dia a dia a comida será típica japonesa. Pães, queijos e ovos são itens caros até mesmo no supermercado. De acordo com as agências, uma refeição barata no Japão sai em torno de R$ 28,18. Uma garrafa de cerveja pode custar R$ 9,85, e o refrigerante uns R$ 4,70.