O que são juros?

Por Maria Teresa Lazarini

Índice de Conteúdomenu

  1. O que são juros?
  2. Os tipos de juros que você precisa saber
  3. Quando os juros são bons para você?

Se você já pediu um empréstimo, fez algum investimento ou pagou compras parceladas, provavelmente já ouviu falar muito sobre os juros, um índice financeiro essencial para compreender como os empréstimos e investimentos funcionam.

Mas você sabia que os juros podem ser tanto o seu melhor amigo, como também o seu pior pesadelo? Entenda neste texto como os juros funcionam e quando eles podem ser vantajosos para o seu bolso.

O que são juros?

Suponhamos que você pediu uma quantia emprestada ao banco e deve pagar esse empréstimo num período de seis meses. Já que os bancos e instituições financeiras não fazem este tipo de serviço de graça, eles vão te emprestar o dinheiro que você precisa com uma condição: você precisa devolver a quantia emprestada juntamente com uma porcentagem a mais. Assim, ao pagar os juros de um empréstimo, você está pagando pelo dinheiro que te emprestaram.

Por exemplo, se você pedir emprestado 3 mil reais para pagar em 6 parcelas iguais, com juros de 5% ao mês, você pagará parcelas de aproximadamente R$ 591,05, resultando num valor final de R$ 3.546,31. Isso significa que o empréstimo te custou R$ 546,31, esse é o lucro bruto do banco/financeira (credor) sobre o empréstimo concedido (esse exemplo de empréstimo é baseado na tabela Price).

No mundo dos investimentos, os juros funcionam da mesma maneira que no empréstimo citado acima. Entretanto, em investimentos, o credor (a pessoa que concede o empréstimo) é você: ao depositar seu dinheiro numa aplicação, você está emprestando determinada quantia à empresa e ela é obrigada a pagar para você os juros, que é o rendimento. Deste modo, você receberá seu dinheiro de volta corrigido com uma taxa de juros estabelecida, ou seja, você vai ganhar mais dinheiro do que emprestou.

Os tipos de juros que você precisa saber

Antes de fechar acordos financeiros que usam juros, como compras parceladas, investimentos ou empréstimos, é recomendável questionar como esses juros serão aplicados: a taxa vai ser a mesma todo o mês? Ou ela vai variar conforme o rendimento progressivo do dinheiro?

Para entender melhor como funcionam as taxas de juros em cada caso, é importante compreender o significado de juros simples e compostos e como eles se aplicam em empréstimos e investimentos:

  • Juros simples: os juros simples são aqueles que incidem sobre o valor inicial emprestado ou aplicado em um investimento, não o valor acumulado. Atualmente, os juros simples não são mais utilizados em empréstimos ou investimento.

Para entender na prática como funcionam os juros simples, vamos supor que você pediu um empréstimo de R$1.000 com juros simples de 10% ao mês por 5 meses, você sempre pagará R$100 de juros para a instituição a cada mês. Ou seja, você vai pagar um total de R$500 de juros durante todo o período do empréstimo.

  • Juros compostos: esse tipo de juros é muito usado em pagamento de dívidas, empréstimos e investimentos. Se você investir R$1.000 em um título cuja taxa de juros compostos seja 10% por mês, no final do primeiro mês você terá um rendimento de R$100, então seu patrimônio será de R$1.100. No mês seguinte essa taxa de 10% será aplicada sobre seu novo patrimônio, R$1.100, e não sobre R$1.000 iniciais. Assim, no final do segundo mês os juros darão um total de 110 reais de lucro, fazendo com que seu patrimônio seja de R$ 1.210.

Quando os juros são bons para você?

Mesmo que os juros possam parecer algo que vai complicar sua vida financeira, eles podem ser grandes aliados do seu bolso.

Como já dito anteriormente, são os juros que vão te garantir um retorno a partir do dinheiro que você investiu em uma aplicação. Quanto maior a taxa de juros usada num investimento, maior será a recompensa – e vice-versa. A poupança, por exemplo, usa uma taxa de juros muito pequena e é exatamente por isso que ela não é um investimento vantajoso, porque sua taxa de juros é muito baixa quando comparada a outros investimentos.

Quando o assunto é empréstimos ou pagamento de dívidas, os juros vão assegurar à instituição financeira que ela receberá algo em troca do dinheiro emprestado. Felizmente, hoje em dia há uma enorme variedade de modalidades de empréstimos no mercado que apresentam taxas de juros mais baixas e acessíveis para quem necessita de dinheiro para pagar dívidas ou realizar um sonho.

Se você deseja saber mais sobre empréstimos com taxas baixas de juros, vale a pena ler os textos sobre empréstimo consignado e empréstimo com garantia.

Para conhecer modalidades de empréstimos com juros justos, confira a Plataforma de Empréstimos do IQ 360!