Qual é a diferença entre juros ao mês e ao ano?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. O que é juro mensal e anual e quais as diferenças?
  2. Fique atento!

Em qualquer situação em que os juros estão envolvidos, seja em empréstimos ou investimentos, é fundamental saber exatamente qual é o valor total a ser pago ou retirado no final. Por isso, nós do IQ 360 vamos tirar todas as suas dúvidas sobre juros mensais e anuais.

O que é juro mensal e anual e quais as diferenças?

Algumas pessoas pensam que juro mensal e anual são taxas distintas. Mas na verdade estamos falando da mesma taxa vista de perspectivas diferentes. Essa confusão pode ser gerada já que não basta apenas somar o valor do juro mensal por doze para saber o anual. Ao longo de doze meses acontece o famoso juros sobre juros.

É muito comum pensarmos que os juros anuais são a soma dos juros mensais. Nossa expectativa é que, se é cobrado 1% de juros ao mês, ao final de um ano, serão 12% de juros. Mas não é bem assim, como os juros são cobrados de forma composta, matematicamente falando, não é uma simples soma. Portanto, ao final de um ano, os juros serão equivalentes a 12,68% e não 12%.

Para você entender melhor, imagine a seguinte situação: você faz um investimento de R$ 300 que rende 2% ao mês, o rendimento após um mês será de R$ 6. Ou seja, seu patrimônio aumentou para R$ 306. Em um ano esse rendimento será de 26,82%. Isso acontece porque, a cada mês o juro é calculado sobre o valor atualizado do seu patrimônio. Ou seja, após o primeiro mês ele será calculado sobre R$ 306 e não mais sobre o valor inicial de R$ 300 reais. E assim será sucessivamente mês após mês.

Fizemos uma tabela para que você possa observar na prática como os juros compostos funcionam e como é diferente uma taxa mensal de uma anual.

Taxa mensal

Taxa anual
1.00% 12.68%
2.00% 26.82%
3.00% 42.58%
4.00% 60.10%
5.00% 79.59%
6.00% 101.22%
7.00% 125.22%
8.00% 151.82%
9.00% 181.27%
10.00% 213.84%

Fique atento!

Os juros podem ser grandes aliados, mas também podem ser o seu maior inimigo. Por isso é muito importante analisar essa taxa de todas as perspectivas possíveis.

Imagine que você pegue um empréstimo e na hora olhe apenas o juro mensal. Pode parecer uma boa, já que a instituição cobra apenas 14% de juros ao mês. Porém esse crédito ao longo de apenas um ano chega a 421,43% de juros. Com uma visão geral, você conseguiu ver o quanto esse empréstimo pode ser ruim para o seu bolso.

Partindo do mesmo pressuposto, em investimentos é muito mais comum que se olhe o rendimento anual. Mas imagine que você não possa deixar seu dinheiro investido por um ano, e queira algo de liquidez diária, como o tesouro Selic. Neste caso, é mais vantajoso você ficar sabendo o valor mensal, já que pode tirar o dinheiro a qualquer momento

Os juros estão presente em várias transações que fazemos durante nosso dia a dia. Desde compras, cartões de crédito, investimentos e empréstimos. Se quiser saber mais sobre os juros e desmistificar quais seus tipos e como usá-lo a seu favor, clique aqui.