Quanto custa morar no Japão definitivamente?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Visto no Japão
  2. Moradia no Japão
  3. Custo de vida no Japão
  4. Orçamento no Japão
  5. Alimentação no Japão

Quer morar no Japão, mas não sabe por onde começar quando o assunto é dinheiro? Separamos algumas dicas que podem te ajudar a entender como será seu orçamento no novo país.

Visto no Japão

O Japão disponibiliza diferentes possibilidades de vistos de curta e longa duração para estrangeiros no país. O visto de trabalho, por exemplo, dura entre 1 e 3 anos e para consegui-lo é preciso já ter emprego garantido no país. Esse é o mais procurado por descendentes.

O visto de entrada, cobrado de todos que pretendem entrar no país, custa R$86 e é pago no consulado brasileiro, e demora dois dias para ficar pronto. Caso consiga ficar cinco anos no Japão poderá pedir o visto permanente, que tem um custo obrigatório de ¥8000.

Moradia no Japão

O custo de moradia no Japão é altíssimo, a ilha tem um dos solos mais caros do mundo e poderá ser o principal gasto mensal. Em Tóquio, por exemplo, o valor mínimo de aluguel por um quarto compartilhado é de ¥35.000, por mês; com a média de ¥80.000 mensais por um apartamento pequeno. Morar em um quarto no centro de uma grande cidade pode variar entre ¥ 65.000 e ¥ 138.000, fora do da região central esse valor pode ficar entre ¥ 25.000 e ¥ 77.000.

Custo de vida no Japão

A média salarial da população japonesa é de ¥ 312.000, e o salário-mínimo japonês, com média de 40 horas semanais, pode chegar a ¥ 118.400 por mês. Somando moradia, alimentação, transporte e contas básicas o custo de vida fora de uma região central das cidades pode variar entre ¥ 81.000 e ¥ 162.000. Água, luz e gás representam cerca de ¥10.000 por mês, em um apartamento pequeno. Se você tiver filhos pequenos, saiba que você precisa pagar uma taxa para usar a creche do governo proporcional ao seu salário. O sistema de saúde também não é gratuito, e todos os residentes no país, independente da nacionalidade, devem se associar a um plano de saúde, com o plano ainda é necessário pagar 30% das despesas médicas.

Orçamento no Japão

Planeje-se, pois o investimento inicial para morar definitivamente no Japão é alto. Pode demorar para encontrar trabalho, por isso garanta uma reserva para conseguir se manter até encontrar uma fonte de renda e para situações emergenciais. Anote todos os seus possíveis gastos, separe um orçamento mensal e se não souber japonês, tente encaixar um curso da língua no orçamento.

Alimentação no Japão

O custo da alimentação no Japão não é tão caro, e sim proporcional ao salário. Com a dieta rica em arroz, legumes frescos e frutos do mar, as frutas no país são bem caras, quase artigo de luxo, não espere conseguir a mesma variedade e preços do Brasil. O valor de uma refeição em restaurante mais simples pode variar entre ¥ 1.000 e ¥ 2.000. Além disso, caso não se acostume à comida local é possível encontrar fast foods por ¥ 500.