Quanto custa morar no Paraguai definitivamente

Por Redação IQ 360

morar-paraguai

O Paraguai é um dos países vizinhos que vem atraindo os brasileiros. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, são mais de 300 mil pessoas que decidiram se mudar para lá definitivamente. O país é membro do Mercosul, o que facilita bastante na hora de visitar, fazer compras ou fixar residência. As cidades mais procuradas são Ciudad del Este e a capital, Assunção.

Custo de vida no Paraguai

Uma das grandes vantagens se compararmos com o Uruguai, a Argentina ou o Chile, é que as cidades paraguaias têm um custo de vida mais barato, inclusive em relação ao Brasil. Para quem está buscando uma experiência no exterior e não quer gastar muito nos primeiros anos de adaptação, talvez o Paraguai seja a melhor opção.
O primeiro indicativo é o salário mínimo comparado aos gastos fixos. De acordo com os especialistas, o salário está na faixa de 1.824.055 guaranis, que é por volta de R$1.200. Já as despesas básicas e o custo de vida giram em torno de 808.900 guaranis. Com isso, podemos presumir que é possível viver de maneira bem razoável por lá. Essa estimativa também vale para a capital.
O Paraguai também é signatário do acordo de Área de Livre Residência, assinado por alguns países da América do Sul. Sendo assim, a documentação para se mudar não depende de tantos pré-requisitos. Além do passaporte brasileiro, para conseguir a permissão de residência, será necessário apresentar ao consulado a sua certidão de nascimento, RG, certidão negativa de antecedentes criminais, certificado médico migratório e o cartão de vacinação em dia.
Muitos brasileiros também buscam o país vizinho para estudar, seja um curso de espanhol, faculdade ou pós-graduação. As mensalidades são mais baratas e, assim como o baixo custo de vida, é um atrativo a mais para os estudantes que estão pensando em um intercâmbio.
Para trabalhar, as carreiras ligadas ao agronegócio, exportação e comércio são as mais indicadas, uma vez que são os setores da economia que melhor funcionam no Paraguai. Se você já atua ou está pensando em investir nessas áreas, abrindo portas no exterior, pode ser uma boa oportunidade considerar o Paraguai e aproveitar o bom momento da economia deles.
Outra dica que não custa reforçar é com relação ao idioma. Muitos brasileiros acreditam que com um portunhol básico será possível viver nos países vizinhos. Mas se você está cogitando imigrar e trabalhar, é melhor reavaliar o seu currículo, refazer os planos e investir em um curso de espanhol antes mesmo de chegar lá. Ao lidar diariamente com a língua, você vai precisar ir muito além do básico se quiser ter um bom emprego. Isso vale para qualquer país latino-americano, mas ainda especificamente no Paraguai, lembre-se que eles também falam guarani. Então, se nem o seu espanhol é avançado, é provável que encontre dificuldades para compreendê-los.