Como pechinchar e conseguir descontos em lojas

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Confie em você mesmo
  2. Não tenha medo de argumentar com o vendedor ou gerente
  3. Não demonstre interesse no produto
  4. Pesquise antes de comprar
  5. Seja educado!

Não importa o que estejamos comprando, os nossos olhos sempre vão brilhar quando vemos que uma compra vem com o tão desejado desconto. Conseguir comprar algo por um preço menor do que o anterior nos faz pensar na economia que tivemos e como podemos gastar aquela grana que sobrou. Mas, e se ao invés de ficar à mercê dos comerciantes em oferecerem descontos, você mesmo conseguir estabelecer que desconto você quer?

Ficou interessado? Então preste atenção e continue lendo, porque neste texto vamos te ensinar como dominar a arte de pechinchar.

Confie em você mesmo

Como quem se prepara para uma batalha, o pechincheiro tem que ter a confiança de que vai ganhar aquele desconto, entrando na loja de cabeça erguida. Por isso, estabeleça com você mesmo antes de negociar que você fará de tudo para conseguir aquele desconto, sem desanimar ou dar para trás. Ter determinação para pechinchar já é meio caminho andado, porque você se torna imune aos olhares desanimadores dos vendedores e se certifica que ninguém vai te deixar inseguro.

Além da autoconfiança, você deve perder sua vergonha de pechinchar. Muitos pensam que pedir desconto é algo grosseiro ou falta de educação, mas o verdadeiro pechincheiro sempre consegue descolar descontos com educação e pode até virar amigo do vendedor no final da compra. Por isso, não tenha vergonha de pechinchar – não há nada de errado nisso e só te beneficia no final das contas.

Outra dica para ser um pechincheiro de sucesso é aproveitar a sua linguagem corporal: o modo que nos posicionamos quando falamos com alguém é essencial na arte de convencer. Estar com a postura ereta, olhar o vendedor nos olhos e dar um sorriso amigável podem aumentar bastante suas chances de abaixar o preço de um produto.

Não tenha medo de argumentar com o vendedor ou gerente

Se você deseja pechinchar, deve saber que negociações como essas podem levar tanto 5 minutinhos como uma hora – tudo depende da sua resistência e do vendedor. “Por quanto você me faz esse produto?” ou “Qual é o desconto para compras à vista?” são os questionamentos clássicos para conseguir um desconto, mas existem vários outros modos de negociar com os vendedores.

Antes de entrar numa pechincha, tente entender como aquele comércio funciona. No ramo de automóveis, por exemplo, os vendedores devem bater uma meta de vendas para receber as comissões. Se já estiver no fim do mês, você pode usar isso a seu favor, mostrando que a pechincha será vantajosa também para ele!

Para pagamentos no dinheiro, peça descontos argumentando que a redução que você terá naquela compra vale praticamente o mesmo à taxa do pagamento em cartão de crédito ou débito. Também é interessante explicar para o vendedor que, pagando à vista, a loja já tem o dinheiro em mãos no momento e não precisa esperar o dinheiro cair em casos de pagamento à crédito.

Tenha consciência de que os vendedores e gerentes vão usar de “falsas pechinchas” para te distrair do seu objetivo final. Sabe aqueles argumentos de “não consigo chegar neste valor que você disse, mas consigo parcelar em até 6 vezes”? Não caia nessa, as parcelas ainda terão juros e provavelmente não vão significar uma grande vantagem para você.

Não demonstre interesse no produto

Você provavelmente deve ter ficado surpreso ao ler o título desse tópico e pensou: “se vou fazer uma pechincha, é óbvio que estou interessado no produto”! Mesmo que você tenha economizado durante anos para finalmente conseguir comprar aquele produto dos seus sonhos você NUNCA pode demonstrar esse interesse pelo produto no momento da compra.

Assim que os vendedores percebem a importância daquele produto para você, eles sabem que você realmente quer levá-lo para casa e que a pechincha só está sendo usada para descolar um precinho bacana. Inevitavelmente, os vendedores acabam te manipulando, ressaltando a cada minuto como aquele produto é indispensável para você.

Por isso, uma das regras de ouro da arte de pechinchar é fazer “cara de paisagem”. Não demonstre nenhum sentimento sobre o produto que quer comprar, finja que aquele produto é um cacho de banana no meio do supermercado. Na mesma linha de desinteresse, mostre que você pode procurar o mesmo produto no concorrente, já que não é uma compra urgente. Assim, o vendedor percebe que você não está desesperado por sair da loja com uma sacola nas mãos e vai tentar te dar um desconto.

Pesquise antes de comprar

Antes de comprar qualquer coisa, é muito importante você pesquisar qual costuma ser o preço usual daquele produto – assim você sabe qual é a média que você tem que pagar. Sabendo quanto aquele produto tende a custar, escolha comprar na loja com o preço mais em conta. Mas, caso você tenha preferido o produto em uma loja com o preço mais caro, guarde no seu celular a pesquisa que você fez dos concorrentes.

Caso o vendedor não queira abaixar o preço para você, use a Internet a seu favor: mostre o produto online do concorrente e ele mesmo verá que o preço do seu rival está mais baixo. Assim, é muito provável que ele concorde em fazer um desconto para você.

Para produtos que não estão disponíveis na Internet, essa técnica ainda vale. Ao invés de mostrar o site da loja concorrente no seu celular para o vendedor, você pode tanto falar onde encontrou o preço inferior quanto tirar uma foto do produto com o preço nesta outra loja concorrente.

Seja educado!

Ninguém gosta de conversar com alguém arrogante ou mal-educado – agir desse modo acaba sempre afastando os outros. Quando um vendedor te olha com cara feia, não se deixe contaminar pela amargura e desânimo e não aja da mesma maneira. Se mantenha sempre respeitoso e nunca falte com educação, tente ao máximo criar empatia com o vendedor para ele se identificar com você e assim conseguir descolar um desconto.

Outra dica importante é não tentar conseguir vencer a pechincha a todo custo. Se o vendedor já tiver estabelecido fortemente que não vai vender por mais barato, avalie se aquela loja é a melhor opção para o produto que você deseja: se sim, compre! Se não, vá para o concorrente.

Uma vez no concorrente, comece o processo de pechincha todo de novo com a cabeça erguida!