Como saber quanto devia ser seu salário real

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Como as empresas definem o salário
  2. Descontos para o trabalhador
  3. Salário justo

A remuneração que cada funcionário recebe pelo trabalho executado ao longo de um mês é o que chamamos formalmente de salário. Ao procurar uma vaga em uma determinada empresa, um dos itens que mais atraem os trabalhadores é o valor do salário informado. Em seguida, os benefícios oferecidos também constituem uma parcela importante nessa avaliação de se determinado emprego vale a pena ou não.

Isso ocorre porque o salário bruto é aquele que o empregador anuncia, mas o que realmente vai cair na conta bancária do funcionário é o chamado salário líquido, ou seja, o valor final com os descontos já realizados pela empresa.

Para saber se o seu salário real é o mais justo, confira as dicas dos especialistas:

Como as empresas definem o salário

Para anunciar uma vaga formal e informar o valor do salário aos candidatos seguindo a legislação trabalhista, as empresas calculam o custo total que aquele trabalhador vai gerar. Ou seja, além do salário líquido, quanto ela vai ter que investir em FGTS, vale transporte, vale refeição, vale alimentação, contribuição para o INSS, 13º salário, férias, plano de saúde, auxílio creche e mais outros benefícios que possam estar incluídos no pacote. Sendo assim, para cada vaga é preciso fazer um bom planejamento no orçamento para que a empresa tenha condições de arcar com tudo isso.

Descontos para o trabalhador

Do lado do trabalhador, esse cálculo também precisa ser o mais planejado possível, levando em conta o salário bruto e o que de fato vai ser depositado na conta mensalmente. Alguns dos benefícios pressupõem um desconto considerável, como vale transporte, plano de saúde e outros. Saber exatamente qual será a porcentagem que o trabalhador deverá abrir mão do salário bruto é o primeiro passo antes de assinar um contrato de trabalho.

Salário justo

Uma outra forma de avaliar se o salário anunciado é condizente com o cargo pretendido é comparar tal valor com o que é praticado no mercado. Para isso, o candidato em potencial para determinada vaga precisa pesquisar os indicadores fornecidos pelos sindicatos da categoria. Normalmente, essas tabelas de salário médio para cada função ficam disponíveis nos sites dos sindicatos, informando o valor da hora de trabalho também. Se você não encontrar essa informação, ligue para o órgão ou faça uma visita pessoalmente. Pesquisar vagas em sites de emprego, comparando os salários, também pode ser um caminho interessante.