Quem é Marcel Herrmann Telles?

Por Redação IQ 360

Marcel-Herrmann-Telles

O empresário carioca é um dos donos da 3G Capital, junto com Jorge Paulo Lemann e Carlos Alberto Sicupira, com quem construiu uma das carreiras mais bem-sucedidas no Brasil e no mundo.
Figura na lista da Forbes, divulgada em março de 2018, como a 102ª mais rica do mundo, com um patrimônio de cerca de $ 14 bilhões de dólares. É formado em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Trajetória

No período da faculdade começou a observar que os colegas de classe estavam sempre bem-vestidos e aparentemente tinha dinheiro. Questionou como ganhavam dinheiro e foi apresentado ao mercado financeiro.
Iniciou sua carreira no mundo financeiro aos 22 anos, quando entrou no banco Garantia, fundado por Jorge Paulo Lemann, no Rio de Janeiro.
Seu desempenho foi tão grande que anos mais tarde, junto com Carlos Alberto Sicupira, tornou-se sócio de Lemann.
O Garantia tornou-se um banco de investimentos e em 1982 comprou a varejista Americanas. Marcel Herrmann Telles se tornou então chefe de transações.
Em 1989 assumiu a primeira cervejaria comprada pelo grupo, a Brahma, e trabalhou na empresa por 10 nos, até 1999, sendo responsável pelas operações que criariam a Ambev.
Criou então, com os dois sócios, a GP Investimentos, empresa pioneira em private equity do país. Mais tarde os três venderam parte das ações da empresa para os funcionários e partiram para sua próxima empresa, a 3G Capital. Neste ponto fizeram a fusão entre a belga Interbrew e a Ambev, criando a Inbev, que se tornaria a AB Inbev.
De 2010 a 2013 a 3G Capital aumentou seu catálogo de produtos ao criar a Restaurant Brands International, para administrar as marcas Burger King e cafeteria Tim Hortons. Também comprou a Kraft Heinz. O grupo é dono ainda da B2W (Americanas e Submarino).

Educação

Ao lado de Sicupira e Telles, é um dos criadores da Fundação Estudar, uma organização sem fins lucrativos que trabalha para incentivar jovens a seguir uma trajetória de impacto. Fundada em 1991, tem como objetivo disseminar uma cultura de excelência e alavancar os estudos e a carreira de universitários e recém-formados.
As ações são feitas por meio da formação de uma comunidade de líderes, com estímulo de uma experiência acadêmica fora do Brasil, apoio e orientação para a escolha de carreira. A Fundação Educar já impactou mais de 15 milhões de jovens de todo o país com o apoio de organizações e pessoas.
Em seu site, a organização afirma ser seu legado “contribuir sempre para uma transformação positiva que traga um impacto ao ambiente ao seu redor, mesmo sem receber contrapartida. Construir algo que será perene”.