Como viajar para a Argentina gastando pouco

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Passagem para a Argentina
  2. Câmbio na Argentina
  3. Alimentação na Argentina
  4. Passeios na Argentina
  5. Transporte na Argentina
  6. Tango na Argentina

Um dos destinos mais visitados por brasileiros que viajam à América do Sul, a Argentina é repleta de opções para os mais diversos gostos. Para além das paisagens naturais da Patagônia, a charmosa Buenos Aires é quem mais atrai os turistas nacionais.

Além da vantagem de dispensar o uso do passaporte por brasileiros, por ser membro do Mercosul, o país possui moeda mais barata do que o real, uma vida cultural movimentada e gastronomia variada com opções de qualidade, além de encantadores cafés espalhados pela capital. Confira a seguir dicas de como viajar à Argentina gastando pouco.

Passagem para a Argentina

Compre com antecedência e fique atento a promoções. Companhias aéreas costumam fazer ofertas relâmpago de passagens para Buenos Aires por menos de R$700, ida e volta. Além disso, comprando com antecedência é possível encontrar bons preços mesmo para a alta temporada.

Câmbio na Argentina

Leve alguns pesos do Brasil, mas prefira trocar na Argentina, nunca no aeroporto, e principalmente evite trocar em cambistas que oferecem o negócio nas ruas. O ideal é trocar no próprio Banco de La Nación Argentina, já que há grande índices de notas falsas em circulação no país e essa é uma maneira de garantir dinheiro verdadeiro.

Alimentação na Argentina

A Argentina possui ótimas opções para os amantes da carne e de massas, herança da forte imigração italiana, para além das famosas alfajores. Para economizar, você pode optar por comer empanadas a venda em qualquer lugar, e procure por lugares conhecidos como parrillas, pizzerías ou bodegones que costumam ter preços mais baixos e oferecem menus executivos com prato principal, bebida e sobremesa a preço fixo.

Passeios na Argentina

A maioria das atrações de cidades turísticas, como Buenos Aires, é gratuita o que permite se divertir gastando pouco. A capital possui ótimos parques, como o Jardim Botânico, e ainda uma arquitetura incrível ideal para passeios a pé, além da possibilidade de fazer visitação gratuita à Casa Rosada (necessário agendamento prévio online).

Procure por Free Walking Tours para conhecer os principais pontos e ainda aprender mais sobre a história argentina. Uma das principais atividades ao ar livre da cidade é a visitação da famosa feira de antiguidades e variedades de San Telmo, que começa na Praça Dorrego e segue por mais três ruas, e recebe milhares de visitantes aos domingos desde os anos 1970.

Transporte na Argentina

O uso do transporte público é a maneira mais barata de circular pela cidade. O ideal é usar o cartão SUBE que pode ser comprado em qualquer loja de conveniência ou estações de metrô de Buenos Aires. Além disso, a cidade também possui um sistema de aluguel de bicicletas, a Ecobici, que podem ser usadas por até meia hora. Se você tem poucos dias para conhecer a capital, o mais indicado é adquirir o bilhete do ônibus turístico, que permite embarcar e desembarcadas em atrações turísticas de duas rotas estabelecidas por um preço fixo por 24 ou 48 horas.

Tango na Argentina

Não abre mão de conferir uma apresentação de tango em Buenos Aires? Existem diversas opções. O ideal é pesquisar qual o estilo que mais lhe agrada. Uma das opções mais tradicionais é o famoso Café Tortoni, no centro da cidade. Em alguns casos se o ingresso for comprado nos hotéis é possível conseguir descontos de 10 a 20%.