Ações

Índice de Conteúdomenu

  1. Como Ganhar Dinheiro
  2. Como Investir
  3. Riscos
  4. Custos

Aprenda como ganhar dinheiro com ações e quais são os riscos de se investir nesse ativo de renda variável. Conheça as estratégias utilizadas por profissionais na hora de investir.

Como Ganhar Dinheiro com Ações

1. Comprar a ação e vendê-la por um preço maior

A maneira mais comum de ganhar dinheiro com ações, também é a mais simples de entender. Basta comprar uma ação por um preço e vendê-la por um preço maior do que o de compra.

Por exemplo, se você tivesse comprado um lote padrão, que correspondem a 100 unidades, de ações da Petrobras (PETR4) no dia 11 de julho de 2017, você teria pago aproximadamente R$ 12,33 por ação, totalizando R$ 1.233. Seria possível vender esse mesmo lote de 100 ações no dia 19 de julho de 2017, oito dias depois, por R$ 13,21 por ação, totalizando R$ 1.321. O lucro dessa operação seria R$ 88 em 8 dias.

Como essa operação ficou abaixo do valor limite de R$ 20 mil, não há incidência de Imposto de Renda (IR) sobre o lucro de 88 reais. Os únicos custos seriam as taxas de operação de compra, venda e custódia da ação. Esses valores devem estar descritos no site da sua corretora.

2. Manter a ação comprada para receber dividendos

Há também a possibilidade de comprar uma ação e mantê-la em sua carteira até a data de pagamento dos dividendos da empresa. É uma espécie de participação dos lucros ou PLR, mas para os acionistas ao invés de funcionários.

Por exemplo, se você tivesse comprado um lote padrão de ações da Vale (VALE5) antes de 28 de abril de 2017, você receberia R$ 0,905 por ação ou R$ 90,50 no total. Mesmo que você tivesse comprado as ações no dia anterior, em 27/04/2017, você receberia esse valor em dividendos sem ter que vender suas ações. Além disso, a Vale divulgou no dia 20 de abril de 2017 que iria pagar esse valor em dividendos, então é possível se programar para lucrar com essa estratégia.

Não há incidência de IR nessa operação, pois a empresa já pagou os tributos antes de dividir os lucros com os acionistas. Se a sua corretora não cobrar taxa de custódia de ações, como as maiores corretoras do país fazem, você não terá pago taxa nenhuma por essa operação.

3. Vender a ação antes de comprá-la

Essa operação é conhecida como Venda a Descoberto ou Short Selling. Ela é menos comum e mais arriscada do que as outras duas formas de ganhar dinheiro com ações. Ela consiste basicamente em vender a ação antes de comprá-la. Assim como nos outros dois casos, é preciso que o preço de venda seja maior do que o preço de compra, mas como a venda acontece antes da compra, esse tipo de operação é indicado quando o preço da ação está em queda e não subindo.

Mas como vender uma ação que você ainda não tem? Existem basicamente duas maneiras.

A primeira é fazer uma operação de Day Trade, ou seja, comprar e vender ações no mesmo dia. Essa é a maneira mais simples de fazer uma operação de Short Selling.

A segunda maneira é vender e comprar a ação em dias diferentes, é um pouco mais complexa e envolve algo chamado BTC, ou Empréstimo de Ações. No BTC você “aluga” uma ação de outra pessoa por um prazo determinado e paga um “aluguel” por isso. Assim você consegue alugar a ação pelo BTC, vendê-la em um dia, recomprá-la em outro dia futuro por um valor menor do que o preço de venda e devolvê-la a seu dono.

Um exemplo desse tipo de operação em Day Trade seria se vender e comprar ações do Itaú (ITUB4) no dia 16 de fevereiro de 2017. Nesse dia, seria possível fazer a Venda a Descoberto (Short Selling) de um lote padrão por R$ 41,88 a ação, R$ 4.188 no total, e comprar a R$ 40,79 a ação, R$ 4.079 no total. A operação desse único dia renderia um lucro de R$ 109, livre de Imposto de Renda e pagando apenas a taxa de Day Trade, que geralmente é menor do que a soma de taxa para compra e venda de ações em dias diferentes.

Como Investir em Ações

  1. Abra sua conta em uma corretora independente ou na corretora do seu próprio banco;
  2. Transfira o dinheiro da sua conta corrente para sua conta da corretora;
  3. Procure pelo Home Broker na área logada da sua corretora;
  4. Escolha a ação que deseja comprar dentro da plataforma do Home Broker;
  5. Selecione a quantidade que deseja comprar dessa ação e compre;
  6. Pronto! Você já está investindo em ações. Para lucrar com elas você deve buscar vender as ações por um valor maior do que você pagou na compra;
  7. Você pode sempre aprender mais sobre investimentos acessando relatóriosanálises e ferramentas disponíveis no mercado.

 

Estratégias para investir na bolsa

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

A mais tradicional das duas e utilizada há mais tempo, a Análise Fundamentalista se baseia nos fundamentos macro e microeconômicos das empresas que têm ações na bolsa.

O ponto de partida para essa análise são os demonstrativos financeiros das empresas avaliadas. Balanço patrimonial, fluxo de caixa e demonstração de resultados ajudam o analista fundamentalista a avaliar o valor da empresa e assim o valor da ação.

O resultado dessa análise deve ser usado preferencialmente para tomada de decisão de investimentos de longo prazo, pois as informações usadas não podem ser atualizadas em tempo real, como é o caso da análise gráfica. Alguns investidores adeptos a esse tipo de análise são: Benjamin Graham (pai da análise fundamentalista) e Warren Buffett (entre as pessoas mais ricas do mundo).

ANÁLISE TÉCNICA (OU GRÁFICA)

Apesar de ser mais nova que a Análise Fundamentalista, a Análise Técnica, ou Gráfica, começou a ser utilizada nos moldes atuais nos anos 1920 e se baseia nos valores históricos dos preços das ações.

O ponto de partida dessa análise são os gráficos com valores históricos das ações e dos índices de mercado.

Essa análise é recomendada para tomar decisões de curto ou curtíssimo prazo, já que traz informações em tempo real. Operações de Day-Trade ou compra e venda de ações em alguns dias ou semanas podem ter rendimentos maximizados com esse tipo de análise.

Os pais desse tipo de análise da maneira como usamos atualmente são: William Peter Hamilton e Charles Dow, um dos fundadores da Dow Jones e do Wall Street Journal.

Riscos de investir em Ações

Risco de Mercado

O risco de mercado é o risco de uma ou mais das ações em sua carteira perderem valor por uma mudança no mercado em que ela está inserida. Por exemplo, se você investe em ações de empresas do mercado de petróleo e o preço de venda do barril de petróleo cai bruscamente, a ação dessa empresa tende a cair também, mesmo que não hajam mudanças significativas dentro da empresa.

A estratégia para minimizar esse risco é a diversificação. Uma das formas de aplicar essa estratégia é ter uma carteira composta por ações de vários setores da economia.

Risco da Empresa

O risco da empresa é o risco de uma ou mais das ações em sua carteira perderem valor por algo que tenha ocorrido dentro da própria empresa, independente do mercado em que ela atua. Perdas de pessoas-chave, problemas no processo de produção, estratégia equivocada e uma infinidade de fatores podem contribuir para o risco da empresa. São riscos inerentes ao negócio, os mesmos que você corre ao ter seu próprio negócio, já que ao comprar ações da empresa você se torna um sócio dela.

diversificação aqui também é chave para minimizar o risco. Caso não tenha uma estratégia bem definida ou queira correr menos riscos, não invista em somente uma empresa.

Risco de Liquidez

O ideal é que você não precise utilizar o dinheiro investido em ações no curto ou médio prazo, porque você correria o risco de não conseguir vender a ação por falta de compradores para ela.

Risco pelo Governo

Algumas medidas tomadas pelo governo podem resultar em queda no valor das ações. Até mesmo a expectativa dessas medidas serem tomadas afetam o mercado de ações, esse efeito pode ser notado durante as eleições e em momentos de crise política.

Custos para Investir em Ações

Taxa de Corretagem

Essa é a taxa que a corretora cobra para você comprar e para vender ações. Cada corretora cobra a taxa de uma maneira, mas as mais comuns são cobrar pela operação de compra ou venda e cobrar um valor fixo por um número determinado de operações, chamados pacotes de corretagem.

Taxa de Custódia

É o valor cobrado mensalmente pela B3 (antiga BM&FBovespa) pela guarda das ações e pela sua corretora pelos serviços oferecidos, como Home Broker, extrato de operações, informes de Imposto de Renda e outros. Algumas corretoras oferecem taxa zero de custódia.

Imposto de Renda

Há cobrança de Imposto de Renda sobre os ganhos com ações no momento em que ela é vendida. O valor do IR é de 15% sobre a rentabilidade obtida, caso você venda menos do que R$ 20 mil em um determinado mês, esse mês estará isento de IR. No caso de Day Trade, comprar e vender a ação no mesmo dia, o imposto é de 20%, independentemente do valor investido.