As maiores altas e quedas da Bovespa

A Bolsa de Valores em 2016

Investir na bolsa de valores pode ser uma forma de ganhar muito dinheiro – mas também de perder. Isso porque o mercado de ações é muito instável e é influenciada pelos acontecimentos políticos e econômicos de um país ou de uma empresa.

Por exemplo, desde o começo da Operação Lava Jato e a descoberta do envolvimento de várias empresas de capital aberto – como a Petrobras e a JBS – em escândalos de corrupção, o valor das ações dessas companhias oscilou bastante.

Em uma análise sobre o impacto econômico na Lava Jato, o jornalista João Borges escreve que, por mais traumáticas que foram as mudanças econômicas provenientes do resultado das operações de combate à corrupção, os efeitos saneadores da Lava Jato na administração do dinheiro público podem ser permanentes e levar o país a um novo crescimento econômico.

Outros fatores para a oscilação do valor de uma ação envolvem a variação de valor de uma moeda, anúncios realizados pela empresa – como o lançamento de um novo produto, a contratação ou demissão de um diretor ou a aquisição de uma nova empresa, filial ou tecnologia -, negócios fechados ou até mesmo a relação das empresas com escândalos de corrupção.

Fazendo uma análise de 2016, percebe-se que o ano foi muito bom para o mercado de ações: depois de três anos consecutivos no vermelho, a então BM&F Bovespa obteve ganhos acumulados de quase 39%.

Maiores variações

As ações brasileiras também se beneficiaram no ano. Um dos fatores foi o aumento dos preços das commodities. Também pesou a favor do mercado as mudanças no cenário político e a redução do clima de incerteza em relação à economia do país.

A maior parte dos papéis que compõem o Ibovespa fechou o ano com ganhos. No período, quem registrou a maior alta foi a Bradespar, que viu seus papéis valorizarem quase 200%. O grupo, que tem como maior ativo uma participação na Vale, foi beneficiada pela alta das commodities metálicas. A subida dos preços também impulsionou os papéis da Gerdau, da CSN, da Usiminas e da própria Vale.

Empresa

Ativo Variação em 2016

Bradespar

BRAP4 199,92%

Metalúrgica Gerdau

GOAU4 189,16%

CSN

CSNA3 171,25%

Usiminas

USIM5 164,52%

Gerdau

GGBR4

133,32%

Vale VALE5

130,69%

Petrobras PETR4

121,94%

Banco do Brasil BBAS3

98,49%

Vale VALE3

98,24%

Petrobras PETR3

97,67%

Apenas 9 das 58 ações que compõem o Ibovespa fecharam 2016 no vermelho. De todos os papéis, os ordinários da Embraer tiveram a maior queda no período. Desde janeiro, as ações desvalorizaram cerca de 47%.

Um dos fatores que explica o recuo das ações da companhia é a baixa do dólar, que fechou o ano em queda de 17,69%. Como a maior parte das receitas da Embraer é dolarizada, a empresa sofre toda vez em que o real se valoriza. O dólar desvalorizado também impactou o desempenho de outras exportadoras, como Fibria, Klabin e Suzano.

Empresa

Ativo Variação em 2016

Embraer

EMBR3 -46,72%

Fibria

FIBR3 -37,46%

Klabin

KLBN11 -22,79%

Suzano

SUZB -22,37%
BRF BRFS3

-11,41%

Ambev ABEV3

-4,77%

JBS JBSS3

-3,36%

Rumo RUMO3

-1,60%

Natura NATU3

-0,32%

O Ibovespa em 2017

O índice Ibovespa é um título oferecido pela B3 que funciona como um indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro.

É possível acompanhar no site da própria B3,  a pontuação do fechamento do índice diariamente e em todos os pregões, desde janeiro de 1998. Confira na tabela abaixo o valor mínimo e o máximo atingido pelo índice de janeiro a setembro de 2017:

 

JAN FEV MARÇO ABRIL MAIO JUNHO JULHO AGO

SET

VALOR MÍN.

59.588,70 63.992,93 62.980,37 62.826,28 61.597,05 60.761,74 62.322,40 66.516,23

71.923,11

VALOR MÁX.

66.190,62 69,052,02 66.988,87 65.768,91 68.684,49 63.170,73 65.920,36 71.329,85

76.004,15

Vale também acompanhar a oscilação da bolsa em períodos críticos ou históricos do país. Em 2016, por exemplo – ano que ficou marcado pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff e por uma sucessão de novos escândalos provenientes da Operação Lava Jato – a oscilação entre o valor mínimo e máximo do índice foi muito grande em alguns meses: em janeiro, por exemplo, o mínimo foi de 37.947,47 pontos, enquanto que o máximo foi de 42.419,32 pontos. Em maio, mês que a presidente Dilma Rousseff foi afastada, o valor mínimo foi de 48.471,70 pontos e o máximo de 53.561,53 pontos.

Acompanhar esses índices mostra como é estreita a relação da economia com a política de um país. Assim, na hora de investir deve-se levar em conta não apenas os fatores intrínsecos à empresa, mas também fatores externos que possam influenciar na movimentação dos papéis.