Cartões de débito que usam criptomoedas

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. O que são criptomoedas?
  2. Como pagar suas contas com criptomoedas?
  3. Cartões de débito em destaque

Muita gente ainda vê criptomoedas com desconfianças. Mas, mais do que apenas um ativo para investidores, as criptomoedas já podem ser usadas a partir de cartões de crédito e débito, para fazer compras e pagar contas pessoais.

O que são criptomoedas?

As criptomoedas são moedas virtuais. Embora esse conceito exista há mais de 20 anos, as criptomoedas utilizam uma nova tecnologia chamada de blockchain, que cria segurança nas transações e descentraliza o controle sobre cotações e oscilações, tornando a moeda mais confiável.

O Bitcoin é mais famoso por ter sido a primeira das grandes criptomoedas com tal descentralização. Já em 2009, o Bitcoin começava a despontar e atraía, ao menos na época, aficcionados e fanáticos pelo mundo digital. Por fim, o tempo levou as criptomoedas ao público geral.

O sucesso da iniciativa e a evolução da tecnologia de blockchain criou diversas novas moedas. Estima-se que hoje esse mercado movimente mundialmente quase US$ 100 bilhões, mas o volume de capital investido sobe rapidamente. Além do Bitcoin, outras moedas virtuais começam a ganhar destaque:

  • Ethereum
  • Dogecoin
  • Litecoin
  • Monero
  • PotCoin

Mas em termos de movimentação, o Bitcoin ainda corresponde a mais de 50% do mercado, e começa a ser seguido de mais perto pelo Ethereum.

Como pagar suas contas com criptomoedas?

Existem basicamente duas maneiras de utilizar saldos existentes em carteiras de criptomoedas, como o Bitcoin e o Ethereum, para compras e gastos do dia a dia: cartões e aplicativos.

Dezenas de sistemas de carteira virtual que armazenam valores em Bitcoin, Monero e outras criptomoedas vêm oferecendo aos clientes cartões de débito. Assim, as pessoas podem utilizar normalmente os cartões, como seus cartões de débito bancários, e à medida que gastos vão sendo feitos, saldos em moedas virtuais nas carteiras vão sendo atualizados.

O mesmo ocorre com aplicativos. Os apps permitem a usuários pagarem contas ou mesmo adquirir produtos em qualquer moeda, e à medida que os gastos ocorrem, a plataforma deduz o equivalente das carteiras de moedas virtuais associadas a esses apps.

Cartões de débito em destaque

A maioria dos cartões de débito existentes para utilizar criptomoedas opera hoje com Bitcoin, mas alguns deles também realizam operações com outras moedas. Há dezenas de empresas oferecendo o serviço, mas algumas se tornaram mais populares e, segundo muitos especialistas e publicações do segmento, mais confiáveis também:

  • A inglesa CriptoPay (https://cryptopay.me/) oferece uma plataforma de wallet para Bitcoin, com possibilidade de emissão de cartões de débito pré-pagos, que além de compras efetuam retiradas em dinheiro. Além disso, também possibilita o uso de saldos em seu app.
  • A SpectroCoin (https://spectrocoin.com/pt-BR/) também oferece o cartão pré-pago de débito, mas além de operar com Bitcoin, permite o uso de diversas criptomoedas. Sua carteira, de abertura gratuita, realiza até o câmbio automático entre as várias moedas virtuais.
  • A Wirex (https://wirexapp.com/) tem se tornado muito popular nos EUA e oferece cartões de débito. Não há qualquer pagamento de taxa para incluir crédito neles. Seu sistema ganhou tração pois não há limite de gastos para compras online.
  • O Xapo (https://xapo.com/) é um dos cartões pré-pagos ligados a criptomoedas mais tradicional e antigo. Opera desde 2013 e é recomendado por publicações e especialistas no mundo inteiro.
  • O BitPay (https://bitpay.com/card/) é outra boa alternativa. Além de oferecer o cartão de débito, o sistema oferece uma wallet para Bitcoin e também uma plataforma para que se possa aceitar Bitcoin como forma de pagamento, para quem possui um negócio.