Conheça jogos que usam a tecnologia blockchain

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. O que é blockchain?
  2. CriptoKitties
  3. Minecraft
  4. Prêmios em dinheiro

O mercado de jogos movimenta bilhões no mundo inteiro e conta com produções que rivalizam com as cinematográficas. Entretanto, muitos ainda veem esse mercado apenas como distração.

A verdade é que, após as criptomoedas, os games parecem ser o primeiro segmento a utilizar a tecnologia de blockchain de maneira séria e completa. E com isso, poderão se tornar vitrines para aplicações do blockchain nos mais variados campos.

O que é blockchain?

O blockchain é um sistema que usa a criptografia de forma descentralizada. Transações que sejam realizadas nesse ambiente não são mais autenticadas apenas por uma chave na origem e outra no destino – toda a rede e outras transações na verdade são usadas para manter os dados seguros.

A base de dados é distribuída entre todos que operam na rede, tanto de forma individual quanto em blocos. Cada novo bloco contém referências dos blocos anteriores, o que gera uma validação automática e em “corrente”. Assim fica mais fácil entender o nome, separado em “block”, para os blocos de dados, e “chain”, para a corrente que seguem.

Em relação à criptografia normal, o blockchain possui outra vantagem importante: o anonimato. Como toda nova mensagem que entra no sistema de blockchain é distribuída por toda rede, de forma encriptada e privada, é possível verificar sua validade, porém sem rastrear sua origem.

Isso torna qualquer transação válida, mas sem que haja necessidade de identificar as duas partes. Ao contrário dos sistemas de validação e autenticação tradicionais, que exigem a identificação dos envolvidos como premissa para a verificação, a tecnologia blockchain opera de forma inversa – é exatamente o fato de não haver tal identificação que possibilita a validação dos dados na rede.

CriptoKitties

Um jogo de computador, exceto por alguns dos best sellers do mercado, não costuma ser algo levado muito a sério. Mas a verdade é que o CriptoKitties possui uma propriedade em especial: é o primeiro jogo idealizado a partir do chamado Ethereum, uma moeda virtual similar ao Bitcoin. Isso significa que esse jogo utiliza a tecnologia de blockchain e de moedas virtuais em sua plataforma.

O jogo em si é bastante similar a muitos outros encontrados nas lojas de apps. É possível, para o jogador, criar e cuidar de um gatinho – o animalzinho segue crescendo, precisa de cuidados e alimentação.

Mas é aí que aparece a grande jogada: o jogo utiliza a tecnologia de blockchain de modo similar ao usado no Bitcoin, com uma arquitetura baseada na moeda Ethereum. Os jogadores podem, então, criar e cuidar de seus CriptoKitties, e depois compra, vender ou mesmo trocar esses animais virtuais por outros.

Minecraft

O aclamado Minecraft, um sucesso mundial, não está baseado na tecnologia blockchain. Entretanto, um dos servidores públicos que operam o game, o BitQuest, já surgiu com base no uso dos “satoshi” do Bitcoin para armazenar e convertas as esmeraldas, que são a moeda utilizada dentro do próprio jogo.

Embora outros games venham utilizando o blockchain de modo até mais ousado, o fato do BitQuest usar a plataforma do Minecraft pode tornar esse jogo o blockchain game mais popular do mundo.

Prêmios em dinheiro

Jogos também vêm usando o Bitcoin e outras criptomoedas como base para seus sistemas de premiação. Alguns jogos são simples, porém prometem revolucionar nossos conceitos de entretenimento.

O Bitcoin Riddles é um jogo simpl: usuários precisam desvendar enigmas presentes em vídeos do Youtube. O primeiro a enviar a resposta certa à charada recebe prêmios em dinheiro… virtual.

O fato é que o blockchain deverá fazer parte de muitos games e sistemas online de entretenimento no futuro. Além das inúmeras possibilidades em termos de monetização, permite autenticação e tokenização de maneira sem igual e uma experiência e interação total, com garantia de privacidade e segurança.