O que é Ripple?

Índice de Conteúdomenu

  1. O que são criptomoedas?
  2. O que é Ripple?
  3. Ripple x Bitcoin
  4. Como comprar Ripple no Brasil?

O que são criptomoedas?

Criptomoedas são uma forma de dinheiro digital projetadas para serem seguras e, em muitos casos, anônimas. Elas não são emitidas pelos bancos centrais e, portanto, seu valor não depende das políticas bancárias.

Pode-se dizer que é uma criptomoeda é basicamente uma moeda associada à internet que utiliza criptografia, uma forma de comunicação nascida na Segunda Guerra Mundial para dificultar o acesso do inimigo às informações. Desde então, esse conceito evoluiu na era digital com elementos de teoria matemática e ciência da computação para se tornar uma maneira de garantir comunicações, informações e dinheiro online.

A primeira criptomoeda foi bitcoin, que foi criada em 2009 e ainda é a mais conhecida. Houve uma proliferação de criptomoedas na última década e agora há mais de 1000 disponíveis na internet.

O que é Ripple

O Ripple é um protocolo de pagamentos e uma criptomoeda que foram criados pela Ripple Labs, com sede em San Francisco, em 2012. Ripple Labs é uma empresa de investimento com capital de risco que desenvolve soluções de pagamentos globais para instituições financeiras.

Nos últimos cinco anos, a Ripple Labs criou um sistema de liquidação bruta em tempo real (RTGS), uma exchange de moeda e uma rede de pagamento chamada RippleNet.

De acordo com a Ripple Labs, a Ripple conecta bancos, provedores de pagamento, trocas de ativos digitais e corporações via RippleNet para fornecer uma experiência sem fricção para enviar dinheiro globalmente , e todas as suas transações são registradas no descritivo XRP Ledger.

Ripple também é uma moeda digital e é nativa da rede de pagamentos RippleNet. Ripple carrega o ticker XRP, atualmente é a quarta maior criptomoeda no mercado com uma capitalização de mercado de mais de US$ 29 bilhões.

A moeda Ripple é usada na rede de pagamento de Ripple para fazer transições, pagar por taxas de transação e é necessário ser mantido como uma reserva em endereços de carteira que usa a rede. As transações Ripple levam menos de quatro segundos e mais de 1000 transações por segundo podem ser processadas na rede.

A Ripple Labs conseguiu se tornar o principal fornecedor de tecnologia de blockchain para soluções de pagamento e liquidação para empresas de serviços financeiros e, atualmente, tem mais de 75 bancos globais e outras instituições financeiras como clientes.

Ripple x Bitcoin

Embora a ripple tenha se tornado um dos ativos digitais mais valiosos do mercado e tenha estado por muito mais entre as dez principais criptomoedas, nem todos na comunidade bitcoin são fãs.

O Bitcoin começou a fornecer soberania financeira aos indivíduos e a permitir que qualquer um “seja seu próprio banco” como diz o slogan popular de bitcoin. Assim, muitos membros da comunidade bitcoin sentem que a ripple vai contra o próprio fundamento em que as criptomoedas foram construídas, que é a descentralização e a desintermediação das instituições financeiras.

O Ripple, em vez disso, está “colidindo” com os bancos, pois ajuda os bancos a reduzir drasticamente os custos em pagamentos e remessas. Isso não é bom com os membros da comunidade “ser o seu próprio banco”.

Além disso, as críticas do Ripple também destacam a falta de descentralização da criptomoeda. Enquanto o Razão XRP é descentralizado, o Ripple Labs criou todas as moedas antes do lançamento e ainda possui mais da metade do suprimento total, o que não ressoa bem dentro da comunidade com a verdadeira descentralização.

 Tecnologia e possibilidades

XRP é a moeda nativa da rede que só existe no sistema Ripple. O XRP é atualmente divisível em até 6 casas decimais, e a menor unidade é chamada de “drop”, com 1 milhão de “drops” sendo igual a 1 XRP.

Cerca de 100 bilhões de XRP foram criados no início da Ripple, sem permissão para serem criados mais de acordo com as regras do protocolo. Como tal, o sistema foi projetado para que o XRP seja um recurso escasso com a diminuição do suprimento disponível.

Não depende de terceiros para ser resgatado, o XRP é a única moeda na rede Ripple que não implica risco de contraparte e é o único recurso digital nativo. As outras moedas da rede Ripple são instrumentos de dívida (ou seja, passivos) e existem sob a forma de saldos.

Os usuários da rede Ripple não precisam usar o XRP como uma loja de valor ou um meio de troca. No entanto, cada conta Ripple deve ter uma pequena reserva de 20 XRP.

Como comprar Ripple no Brasil?

Existem duas formas de comprar XRP:

  1. Com dinheiro ou fazendo o câmbio em corretoras especializadas;
  2. Através da troca de Bitcoins ou outras moedas.

Para as duas formas é preciso antes ter onde guardar suas futuras XRP, em uma wallet. Atualmente, você pode contar com diversas carteiras que suportam XRP, como:

  • Ledger Nano S – que é um hardware e também a forma mais segura de guardar suas moedas;
  • Rippex – você só precisa criar uma conta e fazer o download desta carteira. Ela é em português e de fácil uso;
  • GateHub – esta carteira será usada como exemplo no nosso passo a passo.

É possível também adquirir Ripple diretamente de outros usuários, através de portais como o Mercado Livre e OLX.

Ripple em 2017

Em 2017 o Ripple teve grandes oscilações de preço, tendo a sua mínima em R$0,40. No dia 10 de setembro sua cotação era R$0,66 e em dezembro chegou a R$2,50, uma alta de mais de 500%.