O que são Commodities e como investir?

Por Redação IQ 360

o-que-sao-commodities-como-investir

Segundo o último relatório da Conferência das Nações Unidas sobre o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o peso das commodities no PIB brasileiro aumentou, com alta de 5,6% para 6,5% em cinco anos (entre 2010 e 2015). Para se ter uma ideia, 65% do valor das exportações nacionais é composto por commodities.
Mas você sabe o que é uma commodity? Na tradução literal, essa palavra em inglês significa “mercadoria”. Contudo, economicamente elas são as matérias-primas essenciais para todos os países, com baixo ou nenhum nível de industrialização, comercializadas em grande escala, com negociações de preço também em escala global, estabelecidos de acordo com valores do mercado internacional.
O Brasil é um dos maiores exportadores de commodities do mundo. Só em março do ano passado o volume de grãos de soja exportados foi de 9 milhões de toneladas.

Quais são os tipos de commodities?

Esse tipo de mercadoria é separado em quatro tipos básicos:
Agrícola: um dos setores mais fortes no Brasil, representa itens como laranja, café, carne, algodão, grãos em geral, etc.
Mineral: ouro, cobre, minérios de ferro, aço, etc.
Financeira: negociações de moeda e títulos públicos, como dólar, Tesouro Direto, etc.
Recursos Energéticos: etanol, petróleo, gás, etc.;

Como investir em commodities?

As commodities são negociadas na Bolsa de Valores por meio de ações e contrato, sem transferências físicas de produtos. Esse é um investimento com alto índice de volatilidade, ou seja, com grandes oscilações de preço que ocorrem de acordo com a lei de oferta e procura.
Na bolsa brasileira, a B3, isso ocorre por meio do mercado futuro, que funciona como um mercado formado por contratos de intenções de compras, ou seja, com negociações de preços futuros que poderão ser atribuídos ao que está sendo negociado. Dessa maneira, os valores das negociações são definidos antes da colheita dos grãos, por exemplo.
Os contratos do Mercado Futuro possuem um lote mínimo que está relacionado ao montante da commodity, o que pode ser sacas de café, arroba de boi, toneladas de minério, etc. O investidor vai lucrar com a variação de preços dos contratos pela compra e venda, como acontece com outras ações no mercado de variáveis.
Para começar a investir em commodities você precisa ter uma conta em uma corretora de valores que vai auxiliar na definição do seu perfil de investimento e na escolha das aplicações mais estratégicas. Assim como em outros investimentos do mercado de variáveis, as commodities são negociadas por meio do sistema de home broker da corretora. Ao decidir por investir nesse tipo de ativo saiba que os custos envolvidos são taxa da corretora sobre as transações de compra e venda e taxa de custódia (específica do mercado futuro).