Quais são os principais agentes do mercado financeiro?

Por Redação IQ 360

principais-agentes-do-mercado-brasileiiro

O mercado financeiro conta com uma estrutura institucional montada para assegurar o cumprimento das regras do jogo. É este conjunto de instituições e agentes e suas regulamentações que assegura ao investidor que seu dinheiro não será perdido após investir em determinado ativo.
As instituições que regulam o mercado financeiro estão estabelecidas nas leis 4.595, de 1964, 4.728, de 1965, e 6.385, de 1966. A lei 4.595 estabelece o Sistema Financeiro Nacional e as duas instituições que o regulam: o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional. Já a lei 4.728 estabelece o mercado de capitais, e a 6.385 criou a Comissão de Valores Mobiliários.
Entenda qual a atribuição de cada instituição:

Banco Central

O Banco Central do Brasil é o responsável pelo controle da política monetária e regulação do Sistema Financeiro Nacional. Por isso, ele tanto regula a oferta de moeda, mercado de câmbio e a taxa de juros, quanto o funcionamento das instituições financeiras. Todo banco, corretora ou arranjo de pagamentos está sujeito às regras do Banco Central.

Conselho Monetário Nacional

O Conselho Monetário Nacional (CMN) é o principal órgão do Sistema Financeiro Nacional. Ele estabelece as diretrizes para a atuação do Banco Central, como a meta de inflação. É composto pelos ministros da Fazenda e do Planejamento e pelo presidente do Banco Central, e se reúne uma vez por mês.

Comissão de Valores Mobiliários

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) regula toda operação do mercado de capitais. Toda instituição não financeira que atua no mercado de capitais está sujeita às regras da CVM. As instituições financeiras são reguladas pelo Banco Central, mas sua atuação no mercado de capitais também segue as normas da CVM.

ANBIMA

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) é uma entidade privada que representa os operadores do mercado. A ANBIMA também atua como instância de autorregulação do mercado, administrando conflitos.

Bolsa de Valores

É a instituição onde acontecem as transações do mercado de capitais. No Brasil existe a B3, resultado da fusão de diversas bolsas e instituições de custódia no Brasil, em especial a Bovespa, a BM&F e a Cetip. É nela que operam os agentes de mercado.

Instituições financeiras

As instituições financeiras são empresas reguladas pelo Banco Central e que atuam no mercado financeiro. Elas podem ser bancos, custodiantes, corretoras de valores, cooperativas de crédito, arranjos de pagamentos, sociedades de investimento, entre muitas outras.

Emissores de títulos

Emissor de título é toda empresa que emite um título de investimento no mercado. São títulos, por exemplo, os títulos públicos, CDB, RDB, debêntures, LCI ou LCA. Apenas instituições financeiras e o Tesouro Nacional podem emitir títulos no mercado. E todos eles são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito em até R$ 250 mil por CPF.

Fundos de investimento

São sociedades de investidores que se reúnem para perseguir uma determinada rentabilidade. Os investidores investem no fundo, e os gestores administram o capital para que ele cresça e possam entregar a rentabilidade prometida. As regras para os gestores e os investidores são estabelecidas no estatuto do fundo, que deve ser registrado na CVM.