Quem é Warren Buffet?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. História de vida
  2. Trajetória profissional
  3. Filantropia

Considerado um dos mais bem-sucedidos investidores do mundo, o americano Warren Edward Buffett é diretor executivo, presidente do conselho, acionista da Berkshire Hathaway e ainda consegue tempo para ser filantropo.

Terceiro homem mais rico do mundo, de acordo com a Forbes, Warren se uniu a outro bilionário, Bill Gates, para criar a iniciativa Giving Pledge (Promessa de Doação em tradução livre), na qual ele reuniu bilionários para que eles se comprometessem a doar, pelo menos, metade de seus patrimônios para caridade enquanto estão vivos ou deixassem isso registrado em testamento.

Em uma simples busca no Google você consegue achar inúmeras referências de conselhos e dicas de Warren sobre o que fazer e o que não fazer no mundo dos investimentos. Mas como ele chegou ao patamar de referência mundial?

Para saber isso você precisa conhecer um pouco do Buffet fora dos holofotes.

História de vida

A inspiração de Buffet vem de família. Seu pai era um corretor da bolsa de valores americana e também foi eleito para trabalhar no Congresso dos Estados Unidos. O avô era outra referência: era empresário e dono de uma loja de produtos alimentícios na cidade de Omaha.

Desde cedo, Buffet decidiu ganhar seu próprio dinheiro. Entre vendas de porta em porta, compra de ações aos 10 anos e aluguel de máquinas de pinball, o jovem Buffet chegou ao final do ensino médio com um saldo acumulado de US$ 90 mil. Nada mal para um adolescente.

Aos 19 anos de idade, Warren se formou em economia, tornando-se bacharel pela Universidade Nebraska-Lincoln. Entrou para a Escola de Negócios Columbia e fez mestrado em economia e graduação no Instituto de Finanças de Nova York.  Neste período teve forte influência de Benjamin Graham, que depois de seu pai, foi sua maior inspiração. Com ele, usou o dinheiro guardado durante a adolescência para comprar uma fazenda e criar a empresa Buffett-Falk e Co., na qual trabalhou de 1951 a 1954.

Trajetória profissional

Seu passo seguinte foi trabalhar com Benjamin Graham na empresa Graham-Newman Corp.  Durante essa parceria, Buffett recebia um salário de US$ 12 mil, e ainda pôde trabalhar ao lado de Walter Schloss, outro grande investidor. A parceria acabou em 1956 com um saldo de US$ 174 mil para Buffet.

O próximo passo foi trabalhar na Buffett Partnership Ltd. como sócio da empresa. Ao longo dos anos ele foi recrutando vários sócios e o primeiro milhão veio em 1962, quando Buffet nomeou Ken Chace como presidente da empresa e deixou a mesma.

A empreitada seguinte foi a criação da Berkshire Hathaway Inc. empresa fundada por ele mesmo onde atua desde 1970 com investimentos e que garante a ele o status de guru dos investimentos.

Filantropia

Mais do que o terceiro homem mais rico do mundo e um guru dos investimentos, Waren Buffet é um filantropo. Em 2010, o empresário se juntou a Bill Gates e Melinda Gates para criar o projeto Giving Pledge (Promessa de Doação em tradução livre). A ideia é estimular outros milionários a doarem parte de seus patrimônios para entidades beneficentes. Ele mesmo já dou para a Fundação Bill e Melinda Gates US$ 24,5 bilhões desde 2006.

Por tudo isso, Waren Buffet é inspiração para milhares de pessoas no mundo todo.