Você sabia que o Brasil já teve mais de uma bolsa de valores?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. História
  2. BVRJ – Bolsa de Valores do Rio de Janeiro

Mesmo que você não seja um investidor, aposto que você conhece ou já ouviu falar da BM&FBovespa (agora chamada B3) – a bolsa de valores brasileira que fica situada em São Paulo, no coração da maior cidade do Brasil. Ela é o principal sistema de negociação de ações de empresas públicas ou privadas de capital aberto existentes no País. Além disso, é a maior bolsa de valores da América Latina e também figura entre as mais importantes do mundo.

Mas existe um fato pouco conhecido pelos brasileiros: a BM&FBovespa (B3) nem sempre foi a única bolsa de valores do Brasil. Em certo momento da história, já tivemos várias bolsas operando simultaneamente.

História

O surgimento das bolsas de valores no Brasil está associado ao desenvolvimento do sistema financeiro, lá nos anos 1800, quando empresários exerciam as funções de banqueiros e corretores, mas isso não era algo organizado.

Muito tempo se passou e no início dos anos 1960 existiam várias bolsas. Ao todo eram 27, uma para cada estado, incluindo a Bolsa de Valores de São Paulo. Eram instituições que ficavam sob o comando dos governos e seus membros eram compostos por corretores nomeados por agentes públicos.

Uma reforma no sistema financeiro do Brasil, nos anos de 1965 e 1966, transformou as bolsas em instituições independentes, com autonomia administrativa e patrimonial.

Mas foi apenas no ano 2000 que todas as bolsas existentes no país foram unificadas. Foi a partir desse ano que a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) começou a liderar e concentrar todas as negociações de mercado.

BVRJ – Bolsa de Valores do Rio de Janeiro

A Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ) foi uma das primeiras a entrar em operação no Brasil, no final do período colonial. Em 2000, com a transferência das negociações com ações para a Bovespa, ela passou a negociar apenas títulos públicos. Até que em 2002 foi totalmente incorporada pela BM&F (Bolsa de Mercadorias & Futuros).