O erro mais comum das férias: não fazer a revisão no veículo

Por Maria Teresa Lazarini

Quase 4 mil carros apresentaram algum tipo de pane mecânica, como falta de água ou superaquecimento do motor, no sistema Anchieta-Imigrantes

Ficar no meio do caminho é um aborrecimento que uma simples revisão pode evitar – e salvar as férias com a família

É esperado que aconteçam acidentes e falhas mecânicas quando mais de 1,2 milhão de veículos saem de São Paulo em direção ao litoral paulista, em menos de uma semana. O problema é quando parte desses problemas poderia ser evitado.

Anchieta_acesso_Santos_1
Acesso à cidade de Santos, na Via Anchieta (Governo do Estado de São Paulo/Divulgação)

No sistema Anchieta-Imigrantes, principal acesso à Baixada Santista, entre 24 de dezembro do ano passado e 2 de janeiro deste ano, 7.048 veículos pararam no meio do caminho, segundo dados da Ecovias, a companhia que administra as rodovias. E, desse total, 3.978 apresentaram algum tipo de pane mecânica, como falta de água ou superaquecimento do motor – 2.498 carros tiveram de ser guinchados.

Esse número de incidentes é considerado alto pela administradora da rodovia, que alerta sobre o descaso dos motoristas em fazer uma revisão de férias no veículo antes de viajar.

“Os problemas mecânicos são um indicador de que o motorista não teve os cuidados necessários antes de pegar a estrada”, disse Igor Freitas Barros, coordenador de tráfego da Ecovias, em entrevista ao SPTV2, da Rede Globo.

Ficar no meio do caminho é um aborrecimento que uma simples revisão pode evitar – e salvar as suas férias e da família. Os principais itens que devem ser checados antes de viajar são os freios, pneus, suspensão e o sistema elétrico. Saiba o que deve ser observado em cada um deles:

Freios

Antes de pegar a estrada, é importante checar se o nível de óleo do freio está normal, assim como a situação das mangueiras. Se elas estiverem ressecadas ou com vazamentos, vale a pena substituí-las para evitar problemas futuros.

Caso você vá viajar por rodovias em mau estado de conservação ou estradas de terra, é recomendado substituir as pastilhas de freio. Veja também se o seu carro precisa trocar os discos de freio.

Pneus

É recomendado verificar o estado dos pneus antes de qualquer viagem. Se eles estão começando a se desgastar ou se apresentam bolhas, é o caso de trocá-los para que não furem no meio da estrada e te deixem na mão.

A revisão dos pneus é realmente essencial porque os pneus ficam expostos a temperaturas mais elevadas na estrada, o que acaba aumentando a pressão na estrutura e, consequentemente, as chances de acidentes. Por isso, é fundamental calibrar corretamente e verificar se os pneus estão dentro do prazo de validade, que vai de 5 a 6 anos. A data de fabricação pode ser encontrada na lateral do pneu.

Suspensão (alinhamento)

Como a suspensão é a responsável por garantir a estabilidade do carro em manobras e frenagens, se ela estiver desalinhada é bem provável que o veículo tenha movimentos excessivos em lombadas e desgaste prematuro do pneu, por exemplo.

Sistema elétrico

Cabos condutores e bateria sempre devem ser checados. Verificando o bom estado deles, você evita ficar parado na estrada. A bateria, por exemplo, é parte essencial do carro e a peça mais comum a ser trocada, uma vez que sua falha impossibilita que seja dada a partida. A durabilidade do produto é de 2 a 3 anos. Por isso, verifique se a sua bateria precisa ser substituída e afaste o risco de sofrer uma pane elétrica no meio da estrada.

Depois de fazer a revisão completa no carro, sua única preocupação na estrada será escolher o melhor horário para fugir do trânsito. E boa viagem!