Blindar um carro: quanto custa, níveis de blindagem e processo

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Comprar um carro blindado
  2. Níveis de blindagem de um carro
  3. Como é o processo de blindagem de um carro
  4. Quanto custa blindar um carro

Em muitas regiões do Brasil, não basta ter um seguro auto para se precaver de furtos e roubos. A violência vem atingindo níveis alarmantes nas grandes cidades e a blindagem dos carros vem aumentando muito. Em cidades como Rio de Janeiro, onde há risco de tiroteio e fogo cruzado inclusive em vias expressas, o medo de o carro ser atingido e matar o motorista ou algum passageiro é iminente. Em São Paulo, o número de assaltos com tiroteio também vem crescendo e assustando a população.

Mas, afinal, quanto custa blindar o seu carro? Será que vale mesmo a pena? Confira algumas dicas dos especialistas:

Comprar um carro blindado

Se você pretende sair da concessionária com um carro blindado, prepare-se para não levar um susto. O valor geralmente é mais que o dobro do mesmo modelo em formato normal. Para citar um exemplo, os especialistas apontam o Ford Ka Sport 1.6, que na versão blindada custa R$ 71 mil, enquanto a convencional sai por R$ 34 mil, em média.

Níveis de blindagem de um carro

O processo mais básico é o chamado Nível I, que pode resistir a tiros disparados de armas nos calibres 32 e 38 apenas. No Nível II e II-A, a resistência do material já permite bloquear disparos de calibre 9 mm e Magnum 357. Nesses casos, já existem preços a partir de R$ 20 mil, mas lembre-se que eles não são seguros em caso de armas mais potentes. A proteção mais segura é a de Nível III-A, que tem quatro vezes mais resistência do que a Nível I e é usada em 95% das blindagens no país. Além das armas já citadas, ela bloqueia tiros de submetralhadoras e Magnum 44.

Como é o processo de blindagem de um carro

Os custos para blindar um carro são muito altos porque o processo inclui uma remontagem quase completa. Primeiro o carro é totalmente desmontado. Apenas a lataria, o motor e o painel são preservados da forma como saíram de fábrica. Em seguida, peças como as portas, os vidros, o teto, o forro, os bancos e as rodas são retiradas para serem blindadas de acordo com o nível escolhido pelo cliente. Por último, tudo isso precisa ser reinstalado. Então os custos são com o material de alta complexidade e com a mão de obra. Quanto maior a sofisticação do carro, mais difícil e minucioso será o processo. Já automóveis como picapes acabam sendo um pouco mais simples nesse manejo.

Quanto custa blindar um carro

Segundo dados da Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin), blindar um carro usado no Brasil custa, em média, R$ 47 mil. Com R$ 40 mil, já é possível atingir um nível bem satisfatório. Se encontra preços mais em conta para modelos populares.