O que é um carro com sinistro?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. O que é um sinistro?
  2. Quais itens podem ser incluídos
  3. Parcial X Total
  4. Carro sinistrado
  5. Como saber se um veículo é sinistrado?

Um dos termos que causam maior confusão na hora de um acidente é o sinistro. Mesmo tendo um seguro auto contratado, muitos segurados têm dúvidas sobre o que está ou não previsto no plano e pode ser ressarcido pela seguradora. E depois de ocorrido o sinistro, o carro passa a ser um sinistrado, gerando ainda mais dúvidas sobre o seu valor de compra e venda.

Entenda um pouco mais e veja as dicas dos especialistas:

O que é um sinistro?

Quando o proprietário de um veículo contrata uma seguradora para reparar os danos causados em caso de acidentes, roubos ou furtos, ele assina um contrato em que a apólice do seguro deve prever tudo o que a empresa se compromete em incluir nesta cobertura. Depois, caso o veículo sofra algum desses danos, caberá à seguradora fazer os reparos, reembolso ou indenização. Cada um desses itens que deverão ser atendidos pela empresa é o que chamamos de sinistro. Portanto, quanto mais detalhada e completa for a apólice, maior será a lista de sinistros cobertos pela seguradora e, consequentemente, mais caro ficará o seguro auto.

Quais itens podem ser incluídos

Com base em acidentes, colisões ou pequenos danos já ocorridos anteriormente por outros motoristas, as seguradoras possuem uma lista padrão do que pode vir a acontecer com você, o seu veículo, ou o que é possível provocar a terceiros. A relação de sinistros, portanto, é bem extensa e, via de regra, as seguradoras separam entre sinistro parcial ou total.

Parcial X Total

Um sinistro parcial é aquele em que a seguradora considera que o veículo poderá ser reparado e o valor destinado ao conserto é inferior a 75% do preço de mercado do veículo. Pequenos acidentes e colisões geralmente estão incluídos nessa modalidade e também são os mais recorrentes. Já o sinistro total é aquele que supera os 75%, podendo ser um acidente com perda total do veículo, em que não há qualquer possibilidade de conserto, ou ainda um carro que foi roubado, por exemplo.

Carro sinistrado

Quando o carro sofre qualquer um dos tipos de sinistros já citados, ele é considerado um carro sinistrado. No caso de veículos roubados, o segurado recebe o valor da indenização depois de acionar a seguradora e a polícia. Existe um período pré-determinado no contrato que prevê um tempo para que esse veículo possa ser encontrado pelas autoridades antes que o reembolso seja de fato pago ao proprietário. Caso ele só seja recuperado depois do pagamento, o carro sinistrado é levado a leilão pela seguradora.

Como saber se um veículo é sinistrado?

Nem todo os tipos de sinistro aparecerão no histórico do carro, mas alguns podem estar descritos na parte inferior do documento com o seguinte termo: “SINISTRO/RECUPERAÇÃO”. Com essa informação impressa, o veículo com certeza perde valor de mercado.

Além disso, o carro sinistrado precisa passar por uma vistoria em posto credenciado pelo INMETRO, específica para veículos recuperados.

Se você ainda não contratou o seu seguro auto, faça uma simulação aqui pelo IQ e escolha a opção que melhor atende ao seu perfil.